Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas Notícias > Cresce intenção do brasileiro viajar de carro nos próximos meses
Início do conteúdo da página
institucional

Cresce intenção do brasileiro viajar de carro nos próximos meses

Intenção de viagem dos brasileiros aumentou 15% em relação ao ano passado. Levantamento aponta ainda crescimento no interesse de viajar de carro

  • Publicado: Terça, 20 de Junho de 2017, 15h52
  • Última atualização em Sexta, 23 de Junho de 2017, 11h23

 

 


Crédito: MTur

Pesquisa mensal do Ministério do Turismo em parceria com a Fundação Getulio Vargas revelou crescente intenção pelo uso de automóveis durante as próximas viagens dos brasileiros. De acordo com o levantamento, 28,6% dos entrevistados devem usar o carro em suas próximas viagens, crescimento de 47% em relação a 2016.  No entanto, a maioria dos turistas ainda irá usar o avião para o deslocamento - 58,9% - um índice 6% maior que o ano anterior, 55,6%. O ônibus foi único meio de transporte que registrou uma queda na preferência dos turistas, passando de 17,2% em maio de 2016 para 11,8% este ano. A pesquisa, realizada em maio, ouviu mais de 2 mil famílias em sete capitais brasileiras: Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Ainda segundo a pesquisa, 21,5% dos entrevistados afirmaram ter interesse em viajar nos próximos meses, aumento de 15% em relação ao mesmo período de 2016, 18,7%. Destes, 76,6% deverão optar por destinos turísticos nacionais. As regiões mais procuradas pelos viajantes deverão ser: Nordeste (50,8%); Sudeste (21,8%); Sul (17,9%); Centro-Oeste (7,4%) e Norte (2,1%).

Em relação à preferência pela hospedagem, hotéis e pousadas seguem na liderança com 52,7% da intenção dos entrevistados contra 36,3% que deverão optar pela casa de parentes ou amigos. Para 11% das pessoas que pretendem viajar, a estadia será em residência própria, alugada ou outros.

DADOS REGIONAIS - De acordo com o estudo, em Salvado (BA), 21,2% dos entrevistados informaram ter a intenção de viajar nos próximos seis meses. Trata-se do maior crescimento - 49% em relação ao mesmo período de 2016 - entre as sete capitais acompanhadas pelo levantamento.

Em Belo Horizonte (MG), 27,9% dos entrevistados informaram o desejo de viajar, contra 21,7% no ano anterior. O levantamento registrou ainda crescimento no Rio de Janeiro (RJ) - de 13,7% para 18,8% - e em São Paulo (SP) - de 19,7% para 22,1%. Já nas capitais Porto Alegre (RS) e Recife (PE) observou-se uma redução de 19,5% para 18,2% e 24,1% para 16,7% respectivamente. A capita federal Brasília se manteve estável em 24,9%.

registrado em:
Fim do conteúdo da página