Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas Notícias > Brasil registra 18 milhões de viagens de idosos ao ano
Início do conteúdo da página

Brasil registra 18 milhões de viagens de idosos ao ano

No dia do idoso, ministro Vinicius Lages destaca importância de produtos voltados a esse público
  • Publicado: Quarta, 01 de Outubro de 2014, 16h07
  • Última atualização em Quarta, 01 de Outubro de 2014, 16h07

Gustavo Henrique Braga

Nesta quarta-feira (1º) é comemorado o Dia Internacional da Terceira Idade, público que já representa 11% da população brasileira, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Dados do Ministério do Turismo mostram que a população acima de 60 anos já responde por quase 18 milhões de viagens ao ano no Brasil, o que representa uma fatia de 8,9% do mercado nacional. A tendência é que essa quantidade aumente a cada ano, devido ao envelhecimento da população.

A projeção do IBGE é a de que em 10 anos os idosos representarão 16% dos brasileiros e, em 2060, 34%. “Por isso, os gestores públicos e prestadores de serviços do setor devem estruturar políticas públicas e produtos voltado para esse público”, comenta o ministro do Turismo, Vinicius Lages.

Tal movimento se deve a uma combinação de fatores, como o aumento da expectativa de vida dos brasileiros – que saltou de 41 anos na década de 1930 para 70 anos atualmente – e a redução do índice de fecundidade, que caiu de uma média de seis filhos por casal, em 1940, para aproximadamente dois filhos nos dias atuais.

VIAJA MAIS MELHOR IDADE

O Ministério do Turismo mantém o programa Viaja Mais Melhor Idade, uma iniciativa voltada para a promoção da inclusão social de pessoas a partir de 60 anos, aposentados e pensionistas. Os viajantes que se enquadram neste perfil têm acesso a descontos e vantagens exclusivos – incluem, por exemplo, diárias extras, entradas e passeios gratuitos. O programa oferece a esse público oportunidade de viajar e usufruir dos benefícios da atividade turística a um custo menor e com condições mais vantajosas, o que também contribui para fortalecer a economia turística no Brasil e a combater a sazonalidade no setor.

shot

registrado em:
Fim do conteúdo da página