Script técnico que não afeta o conteúdo.

Linhas de Crédito para o Turismo

FUNGETUR – Fundo Geral do Turismo

Fomentar e prover recursos para o financiamento de atividades turísticas, tais como obras para modernização, reforma e ampliação de empreendimentos.

Finalidade

Aquisição de máquinas e equipamentos novos e serviços de finalidade ou de interesse do turismo nacional, assim definidos pelo Ministério do Turismo.

Público-alvo

Pessoas jurídicas que atuam no segmento de turismo.

Encargos financeiros

Pós-fixados, estabelecidos de acordo com o prazo da operação.

Teto financiável

R$ 400.000,00 (mínimo);
R$ 10.000.000,00 (máximo).
 

Prazos

Amortização: até 240 meses;
Carência: até 60 meses (compreendida no prazo acima);
 

Área de Atuação

Empreendimentos turísticos localizados em todo o território nacional.

Banco Operador

Caixa Econômica Federal (www.caixa.gov.br).

PROGER Turismo Investimento

Financiamento a projetos do setor turístico que proporcionem geração ou manutenção de emprego e renda.

Finalidade

Investimento fixo e investimento com capital de giro associado.

Público-Alvo

Micro e pequenas empresas, com faturamento bruto anual de até R$5 milhões, da cadeia produtiva do setor de turismo.

Teto Financiável

- Até R$300 mil para empresas com faturamento bruto anual de até R$3 milhões.
- Até R$400 mil para empresas com faturamento bruto anual entre R$3 milhões e R$5 milhões, já incluído capital de giro associado.

Encargos Financeiros

Taxa de juros pós-fixada.

Prazos

Conforme o objeto do financiamento, até 120 meses, incluídos até 30 meses de carência.

Garantias

Vinculação dos bens financiados, aval dos sócios e fundo de aval.

Área de Atuação

Todo o território brasileiro.

Bancos Operadores

- Banco do Brasil (www.bb.com.br)
- Caixa Econômica Federal (www.caixa.gov.br)
- Banco da Amazônia (www.bancoamazonia.com.br)

Observação

As condições acima podem variar de acordo com o agente financeiro, o que recomenda visita aos respectivos sites para maiores informações.

FNE

FNE – Programa de Apoio ao Turismo Regional (PROATUR)

Financiamento para implantação, ampliação, modernização e reforma de empreendimentos do setor turístico na região Nordeste.

Finalidade

Investimentos e capital de giro associado para empreendimentos turísticos.

Público-alvo

Pessoas jurídicas, inclusive empresários registrados na junta comercial, cadastrados pelo Ministério do Turismo, cujo objetivo econômico principal seja a atividade turística.

Prazos

Máximo de 12 anos,  já incluídos até 4 anos de carência. O prazo de cada operação será determinado em função da capacidade de pagamento do projeto, observados os limites já mencionados.

Encargos Financeiros

Taxas de juros prefixadas estabelecidas de acordo com o porte da empresa, com bônus de adimplência de 15% ou 25%, conforme a localização do empreendimento.

Garantias

As garantias serão cumulativas ou alternativamente compostas por garantias reais e fidejussórias, em função do prazo, do valor e da pontuação obtida na avaliação de risco do cliente e do projeto.

Área de Atuação

Região Nordeste e municípios dos Estados de Minas Gerais e do Espírito Santo incluídos na área de atuação da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

Banco Operador

Banco do Nordeste (www.bnb.gov.br).

FNO

FNO – Programa de Financiamento do desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Turismo)

Financiamento para implantação, ampliação, modernização, reforma ou relocalização de empreendimentos turísticos na região Norte.

Finalidade

Investimento fixo, investimento misto (investimento fixo e capital de giro associado) e aquisição de insumos.

Público-Alvo

Pessoas jurídicas de direito privado, inclusive empresas individuais, associações e cooperativas.

Encargos Financeiros

Taxas de juros prefixadas estabelecidas de acordo com o porte da empresa, com bônus de adimplência de 15%.

Prazos

Investimento fixo ou misto: até 12 anos, incluída a carência de até 4 anos. Os prazos de financiamento serão dimensionados de acordo com a capacidade de pagamento do beneficiário.

Garantias

Hipoteca, penhor, alienação fiduciária e aval.

Área de Atuação

Empreendimentos turísticos localizados na região Norte.

Banco Operador

Banco da Amazônia (www.bancoamazonia.com.br).

FCO

FCO Empresarial – Linha de Crédito de Desenvolvimento do Turismo Regional

Financiamento a projetos de implantação, ampliação e modernização de empreendimentos turísticos, com ou sem capital de giro associado, na região Centro-Oeste.

Finalidade

Financiar todos os bens e serviços necessários a implantação, ampliação e modernização de empreendimentos turísticos, capital de giro associado e aquisição de insumos.

Público-Alvo

Pessoas jurídicas de direito privado, desde que se dediquem à atividade turística, tais como meios de hospedagem, acampamento turístico, restaurante, agência de turismo e organizadoras de congressos, convenções, seminários e eventos congêneres.
Obs.: as empresas e os empresários individuais, denominados prestadores de serviços turísticos, cujas atividades estiverem contempladas no Decreto n° 5.406, de 30/03/2005, e nos respectivos atos de regulamentação, devem estar cadastrados no Ministério do Turismo.

Prazos

- Investimento: até 12 anos, incluído o período de carência de até 3 anos e, no caso de meios de hospedagem, até 15 anos, incluído o período de carência de até 5 anos;
- Capital de giro associado: até 3 anos, incluído o período de carência de até 1 ano;
- Aquisição de insumos: até 24 meses, incluído o período de carência de até 6 meses;
- Caminhões: até 6 anos, incluído o período de carência de até 2 anos.

Encargos Financeiros

Taxas de juros prefixadas estabelecidas de acordo com o porte da empresa, com bônus de adimplência de 15%.

Garantias

Pessoais (aval ou fiança), Fundo de Aval às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (FAMPE), bens financiados e/ou outras garantias reais.

Área de Atuação

Empreendimentos turísticos localizados na região Centro-Oeste.

Banco Operador

Banco do Brasil (www.bb.com.br).

BNDES Automático

Financiamento, por intermédio de instituições financeiras credenciadas, para realização de investimentos de até R$ 10 milhões.

Finalidade
Crédito de longo prazo para realização de investimentos para implantação, ampliação, recuperação e modernização de empreendimentos turísticos, incluindo obras civis, montagens e instalações, aquisição de equipamentos novos de fabricação nacional e capital de giro associado ao projeto.

Teto Financiável
Até R$ 10 milhões.

Encargos Financeiros
Custos financeiros pós-fixados.

Prazos
Os prazos de carência e total são definidos pela instituição financeira credenciada em função da capacidade de pagamento do empreendimento.

Garantias
Reais e pessoais, negociadas entre a instituição financeira credenciada e o cliente.

Área de Atuação
Empreendimentos turísticos localizados em todo território nacional.

Bancos Operadores
Rede de instituições financeiras credenciadas, entre as quais o Banco do Brasil (www.bb.com.br), o Banco da Amazônia (www.bancoamazonia.com.br), o Banco do Nordeste (www.bnb.gov.br) e a Caixa Econômica Federal (www.cef.gov.br).

BNDES FINEM – Financiamento a Empreendimentos

Financiamento, direto no BNDES ou por meio de instituições financeiras credenciadas, para realização de investimentos superiores a R$ 3 milhões.

Finalidade
Crédito de longo prazo para realização de investimentos para implantação, expansão da capacidade produtiva e modernização de empresas, incluída a aquisição de máquinas e equipamentos novos, de fabricação nacional, credenciados pelo BNDES, bem como a importação de maquinários novos, sem similar nacional e capital de giro associado.

Teto Financiável
Investimentos a partir de R$ 3 milhões.

Encargos Financeiros
Custos financeiros pós-fixados.

Prazos
Determinados em função da capacidade de pagamento do empreendimento, da empresa ou do grupo econômico.

Garantias
Reais e pessoais, negociadas com o BNDES (operação direta) ou com a instituição financeira credenciada (operação indireta).

Área de Atuação
Empreendimentos turísticos localizados em todo o território nacional.

Bancos Operadores
• Apoio direto: BNDES (www.bndes.gov.br)
• Apoio indireto: rede de instituições financeiras credenciadas, entre as quais o Banco do Brasil (www.bb.com.br), o Banco da Amazônia (www.bancoamazonia.com.br), o Banco do Nordeste (www.bnb.gov.br) e a Caixa Econômica Federal (www.caixa.gov.br).

BNDES FINAME – Máquinas e Equipamentos

Financiamento para aquisição isolada de máquinas e equipamentos novos, de fabricação nacional, credenciados pelo BNDES, e capital de giro associado, por intermédio de instituições financeiras credenciadas.

Finalidade
Aquisição isolada de máquinas e equipamentos novos, de fabricação nacional, credenciados pelo BNDES, e capital de giro associado.

Encargos Financeiros
Taxa de juros pós-fixada.

Prazos
Prazos de carência e de amortização definidos em função da capacidade de pagamento da empresa, respeitado o prazo total máximo de 60 meses.

Garantias
Negociadas entre a instituição financeira credenciada e o cliente.

Área de Atuação
Empreendimentos turísticos localizados em todo o território nacional.

Bancos Operadores
Rede de instituições financeiras credenciadas, entre as quais o Banco do Brasil (www.bb.com.br), o Banco da Amazônia (www.bancoamazonia.com.br), o Banco do Nordeste (www.bnb.gov.br) e a Caixa Econômica Federal (www.caixa.gov.br).

Cartão BNDES

Crédito rotativo, pré-aprovado, de até R$ 500 mil, para compra de bens pela internet.

Finalidade
Aquisição de produtos credenciados no BNDES por meio do Portal de Operações do Cartão BNDES (www.bndes.gov.br).

Limite de Crédito
Definido pelo banco emissor do Cartão BNDES, até R$ 500 mil, por cliente e por emissor.

Encargos Financeiros
Taxa de juros variável informada pelo BNDES.

Prazos
Amortização: de 3 a 48 prestações mensais, fixas e iguais (sujeito a consulta junto ao banco emissor).

Garantias
Negociadas entre o banco emissor e o cliente na análise de crédito para concessão do cartão.

Fornecedor
Empresas fabricantes de máquinas, equipamentos e outros bens de produção que tenham fabricação total ou parcial no Brasil.

Bancos Emissores
Instituições financeiras autorizadas pelo BACEN a operar cartão de crédito, aprovadas pelo BNDES e responsáveis pela emissão do Cartão BNDES e pelo risco da operação, entre as quais o Banco do Brasil (www.bb.com.br) e a Caixa Econômica Federal (www.caixa.gov.br).