Script técnico que não afeta o conteúdo.
compartilhe link
compartilhar

Turismo: zelando pelas crianças e adolescentes

Programa Turismo Sustentável e Infância atua no enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes no país

12/10/2012

Brasília (DF) – Todo ano, no dia 12 de outubro, o Ministério do Turismo convida parceiros a refletir sobre a importância da proteção dos direitos da infância e adolescência. O objetivo é fortalecer a missão do programa Turismo Sustentável e Infância (TSI), programa que se dedica à prevenção e ao enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo.

A iniciativa foi lançada em 2004, com o apoio da Presidência da República. Tem como princípios o desenvolvimento sustentável, a responsabilidade social corporativa e os direitos da criança.

Para o coordenador-geral de TSI do MTur, Adelino Neto, é importante aproveitar a data para mostrar o Brasil a atuação do Ministério do Turismo em favor desta causa. “Com o TSI, queremos contribuir para a erradicação da exploração sexual infantil no Brasil. Crianças e adolescentes precisam brincar, estudar e ter uma verdadeira infância que os torne cidadãos”, disse o coordenador. “Políticas públicas com essas diretrizes estimulam a conscientização da população: se cada um fizer o seu papel, daremos um passo à frente para acabar com o problema”, esclareceu.

RESULTADOS
O programa TSI já realizou 163 seminários de sensibilização em todo o país, para estimular a cadeia produtiva do turismo a levantar a bandeira dessa campanha. Todos os estados já foram contemplados com os eventos, reunindo mais de 100 mil pessoas que trabalham no setor. Entre as ações do programa também estão as campanhas de incentivo às denúncias dos casos de exploração sexual em cidades com grande fluxo turístico. O objetivo é alertar a população também sobre as penas aplicadas para esse tipo de crime. Para denunciar, qualquer pessoa pode ligar gratuitamente para o número 100 ou procurar o Conselho Tutelar mais próximo.

PARCEIROS
Conselho Nacional de Turismo, Secretarias Municipais e Estaduais de Turismo, Câmara Temática do Turismo Sustentável e Infância, empresas do setor turístico, universidades e sociedade civil.

ASCOM