Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

MTur avaliará roteiros de cruzeiros marítimos

Análise prévia das escalas dos navios está prevista na Lei do Turismo
  • Publicado: Sexta, 18 de Fevereiro de 2011, 11h06
  • Última atualização em Sexta, 18 de Fevereiro de 2011, 11h51

A capacidade de carga dos destinos turísticos será avaliada no processo de definição dos roteiros dos navios de turismo pela costa brasileira. A medida, anunciada pelo Ministério do Turismo (MTur), tem como objetivo evitar transtornos no cotidiano dos municípios que recebem transatlânticos durante as temporadas de cruzeiros.

Com o aumento da demanda por cruzeiros, um mercado que cresceu mais de 2.000% ao longo de dez anos, houve também pressão sobre a infraestrutura de municípios que recebem os navios. Por isso, o MTur começa a adotar medidas como o ordenamento das escalas dos transatlânticos e desenhar projetos de qualificação dos receptivos das cidades portuárias.

“Os cruzeiros marítimos representam um importante reforço na economia das cidades litorâneas. Precisamos apenas discutir ajustes nas escalas, observando a capacidade local de receber bem os cruzeiristas”, explica o diretor de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico do MTur, Ricardo Moesch. Segundo ele, MTur e Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar) discutirão a adaptação das escalas já para a temporada 2011/12, que começa em outubro. Os projetos de qualificação para pessoal que recebe os turistas em terra serão formatados com apoio dos órgãos de turismo.

Até o final da temporada 2010/11, em maio próximo, serão 884 mil pessoas transportadas, segundo previsão da Abremar. No total, serão 20 navios, percorrendo 21 cidades litorâneas. Somente Búzios, que sediou nessa semana a reunião do GT de Turismo Náutico, coordenado pelo MTur, receberá 401,4 mil turistas no período.
 

registrado em:
Fim do conteúdo da página