Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
QUALIFICAÇÃO

Estudantes de Brasília tiram dúvidas sobre Programa de Qualificação Internacional

Durante a manhã, alunos puderam conhecer mais sobre o assunto e esclarecer dúvidas sobre a iniciativa do MTur

  • Publicado: Segunda, 21 de Agosto de 2017, 14h25
  • Última atualização em Segunda, 21 de Agosto de 2017, 14h38

 Por Nayara Oliveira


Crédito: Gustavo Messina/Mtur

Nesta segunda-feira (21) foi a vez dos estudantes de Brasília (DF) conhecerem um pouco mais do Programa de Qualificação Internacional (PQI), do Ministério do Turismo, e tirarem dúvidas. O chefe da Assessoria de Relações Internacionais do MTur, Rafael Luisi, esteve no Centro de Excelência em Turismo, na Universidade de Brasília (UnB), e conversou com os alunos sobre o tema.

Desde o início do mês, a Pasta vem realizando uma série de eventos em todas as regiões do país para apresentar o Programa. Maceió (AL), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Belém (PA) e Porto Alegre (RS) já receberam a visita do chefe da assessoria. A iniciativa é voltada para alunos de Turismo e Hospitalidade e são ofertadas 120 bolsas de estudos em universidades do Reino Unido. Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever até 25 de agosto (sexta-feira), às 17h.

Com o Programa, o MTur busca qualificar os estudantes que, após retornarem ao Brasil, poderão utilizar seus conhecimentos no mercado interno. “O PQI é uma forma que o ministério encontrou de suprir a carência que o setor turístico tem em qualificação profissional, principalmente quando se trata de receber turistas internacionais. Precisamos de pessoas mais capacitadas e acreditamos no potencial do estudante brasileiro”, explica Rafael Luisi.

Para concorrer a uma das vagas, o aluno precisa estar regularmente matriculado em cursos de bacharelado, licenciatura, tecnólogo em Turismo e/ou Hospitalidade de instituições de ensino superior públicas ou privadas; ter obtido pontuação acima de 600 no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM); comprovar proficiência em língua inglesa; além de ter cursado, no mínimo, 20% e, no máximo, 80% do currículo do curso superior.

É o caso de Schemberly Bueno, 24 anos, que está no 8º semestre do curso de Turismo na UnB e desde 2014 tem interesse em participar do Programa. Ele conheceu o PQI por meio das palestras do MTur na universidade. “Antes eu não podia me candidatar, pois não tinha concluído 20% do curso. Agora que tenho 80% vou aproveitar essa oportunidade para me qualificar ainda mais”, afirma o aluno.

João Vítor Alves, 17 anos, não chegou a concluir 20% do curso, mas quer se manter informado para quando estiver apto a participar do Programa. “Estou no 1º semestre da graduação, mas já me interessei pela iniciativa, pois acho que é uma oportunidade de aperfeiçoar minha carreira”, informa o estudante.

RESULTADO – A publicação com a lista de selecionados será divulgada em 21 de setembro.  O programa custeia despesas com transporte aéreo, estadia, alimentação, seguro-saúde e taxas escolares.  O curso tem duração de 11 semanas e terá um formato exclusivo com aulas teóricas e práticas, que vão desde técnicas para gerir um hotel até dicas de gastronomia.

A implementação das bolsas de estudo é realizada pela Capes. Já a alocação dos estudantes nas instituições internacionais será feita pela Association of Colleges (AoC), outro parceiro do Ministério do Turismo no programa. As instituições que receberão os alunos serão: Boston College, Bournemouth and Poole College, City College Plymouth, Edinburgh College, Exeter College, Grŵp Llandrillo Menai, Newcastle College, Sunderland College, Sussex Coast College Hastings, Westminster Kingsway College.

registrado em:
Fim do conteúdo da página