Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
ANIVERSÁRIO

Capital dos pampas celebra 248 anos

Porto Alegre, que faz aniversário hoje, é considerada uma das cidades mais arborizadas do país

  • Publicado: Quinta, 26 de Março de 2020, 11h47
  • Última atualização em Quinta, 26 de Março de 2020, 12h25

Por Vanessa Castro, com informações da Prefeitura de Porto Alegre

POA.jpg

Porto Alegre está completando 248 anos nesta quinta-feira (26.03). Também conhecida como capital dos Pampas - referente à região formada por extensas planícies que dominam a paisagem do Sul do Brasil e parte da Argentina e do Uruguai -, Porto Alegre é uma das cidades mais arborizadas do país.

Uma boa maneira de descobrir a capital é pelo Centro Histórico, onde história e cultura formam um museu a céu aberto. Mais de 80% do patrimônio arquitetônico da capital está nesta região: são museus, teatros, centros culturais, bibliotecas, igrejas, praças e monumentos, o que sugere uma bela caminhada. Uma parada obrigatória é o Mercado Público Central, edifício construído em 1869, tombado como Patrimônio Histórico e Cultural.

Outro ponto marcante é a Usina do Gasômetro, uma antiga usina de geração de energia, que hoje é um importante centro cultural e abriga exposições e eventos artísticos. Já a Fundação Iberê Camargo tem como objetivo a preservação, o estudo e a divulgação da obra do pintor gaúcho de mesmo nome. Ao longo de sua vida, Iberê produziu mais de sete mil obras, entre pinturas, desenhos, gravuras e guaches.

Um dos destaques da cidade é o rio Guaíba, como é conhecido, mas na verdade é um lago formado pelos rios Jacuí, Gravataí e Sinos. Ele contorna a cidade numa extensão de 70 km. Na orla, está localizado o Estádio José Pinheiro Borda, o Beira-Rio, lugar bastante conhecido pelas icônicas partidas do Sport Club Internacional. Assim como o "Inter", o Grêmio também possui estádio próprio, a Arena, com mais de 60 mil lugares.

No verão ou no inverno, é possível encontrar os gaúchos “lagarteando” à orla do Guaíba tomando chimarrão ou fazendo os famosos “costelões” no quintal de casa. A tradição consiste em assar a costela de boi no calor do fogo de chão com a família reunida. O segredo, segundo os amantes do churrasco, é o tempo e o tempero. Além da carne, a capital também traz outras iguarias como o sanduíche local “xis” e as sobremesas típicas, o sagu e a cueca virada. Para os amantes da cerveja, Porto Alegre é o lugar certo. Considerada a capital das microcervejarias artesanais do Brasil, a cidade possui mais de 35 credenciadas.

Rio Guaíbe.jpg

Pôr do sol no lago Guaíba. Crédito: Renato Soares/MTur

Márcia Haag, servidora pública, nasceu e cresceu na capital gaúcha. Ela diz já ter morado em outras cidades, mas seu coração sempre pertenceu a Porto Alegre. Segundo ela, o que mais lhe agrada são as pessoas. “Os porto-alegrenses são um povo muito acolhedor. Eu senti falta disso quando morei em outros lugares. As pessoas te fazem sentir em casa”. Para Márcia, os moradores aproveitam bem os atrativos da cidade. “Aqui quando faz dias lindos e ensolarados, os parques ficam cheios: pessoas voltando a pé do trabalho, andando de bicicleta ou tomando chimarrão no banco da praça. É uma cidade encantadora de se morar!”.

Lugares para realizar atividades ao ar livre não faltam no dia a dia do porto-alegrense. São oito parques urbanos que banham a cidade de verde como o Parque Harmonia (Maurício Sirotsky Sobrinho), Moinhos de Vento (Parcão), Marinha do Brasil, o Jardim Botânico e o Farroupilha (Redenção), um dos principais pontos de encontro e de lazer.

A cidade, que já foi chamada de Freguesia de São Francisco do Porto dos Casais, possui até a “rua mais bonita do mundo”. A via Gonçalo de Carvalho possui 500 metros de calçada com mais de 100 árvores da espécie tipuana que formam um extenso corredor verde, local perfeito para terminar um passeio e eternizar os momentos na capital gaúcha.

Rua.jpg

A "rua mais bonita do mundo" é um dos orgulhos dos porto-alegrenses. Crédito: Adalberto Cavalcante/Caio Belleza

Edição: Cecília Melo

registrado em:
Assunto(s): Turismo , Porto Alegre
Fim do conteúdo da página