Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
AGENDA INTERNACIONAL

Turismo investe em inovação e tecnologia de dados para alavancar setor

Na França, representante do MTur revela que órgão trabalha na organização de um hackathon e na criação de um BigData 

  • Publicado: Segunda, 24 de Junho de 2019, 17h16
  • Última atualização em Terça, 25 de Junho de 2019, 14h32

Por Darse Júnior

24 06 19 jericoacoara
Objetivo é criar base de dados para entender as demandas do setor e prover informações estratégicas. Crédito: Jade Queiroz/MTur

O subsecretário de Inovação e Gestão do Conhecimento, Marcelo Garcia, participou nesta segunda-feira (24) da Working Party on Tourism Statistics, na sede da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), em Paris. Durante o evento, o representante do Brasil afirmou que a criação da subsecretaria de Inovação e Gestão do Conhecimento revela o crescente interesse do Brasil no tema inovação e no uso inteligente de dados.

“Nós temos uma série de iniciativas no uso de inteligência artificial, como a criação de um chatbot para atender aos turistas de forma rápida e econômica. Com o robô, teremos um perfil e poderemos entender melhor os sentimentos dos turistas que viajam pelos nossos destinos”, comentou Marcelo. Em paralelo, ele afirmou que o MTur tem trabalhado para consolidar uma central de dados, abastecida por uma série de diferentes fontes e com indicadores econômicos, além do perfil dos turistas estrangeiros e domésticos. O objetivo é entender as demandas do setor e prover informações estratégicas sempre que necessário.

“Nossa meta com o BigData é entender melhor a oferta e a demanda para conseguir maximizar essa relação, tanto otimizando a oferta quanto baixando o custo para o turista”, comentou o subsecretário de Inovação e Gestão do Conhecimento. Para alcançar o objetivo, o MTur vai realizar hackathons, eventos de ciência dos dados, e se aproximar da academia. Marcelo reforçou que o turismo é uma grande vocação brasileira e o uso da tecnologia para entender, em detalhe, todas as possibilidades pode ser um importante catalisador do crescimento do setor no país.

Entre os temas tratados no evento estavam “A mensuração dos impactos do desenvolvimento do turismo”; “Uso das estatísticas de emprego”; e os “Recentes avanços nas estatísticas dos países membros e parceiros”. A Working Party on Tourism Statistics termina nesta terça-feira (25).

Edição: Vagner Vargas 

registrado em:
Assunto(s): turismo , inteligência , big data , dados
Fim do conteúdo da página