Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
INTERNACIONAL

Brasil e Cazaquistão estabelecem parceria em Turismo

Memorando de entendimento foi assinado entre o Ministério do Turismo e a Embaixada do Cazaquistão, em Brasília

  • Publicado: Terça, 04 de Dezembro de 2018, 14h30
  • Última atualização em Terça, 04 de Dezembro de 2018, 16h06

Por Geraldo Gurgel

04.12.2018 cazaquistao 1
Ministro e Embaixador exibem memorando de entendimento assinado. Foto: Nayara Oliveira/MTur

O ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, e o embaixador do Cazaquistão no Brasil, Kairat Sarzhanov, assinaram nesta terça-feira (4), em Brasília (DF), um memorando de entendimento para fortalecer as relações bilaterais na área de turismo. A embaixadora do Brasil em Astana, no Cazaquistão, Márcia Donner, e o Secretário-Geral Interino da Ásia e Pacífico do Ministério das Relações Exteriores, Ary Quintella, também participaram da solenidade.

“O objetivo da iniciativa de cooperação é promover o desenvolvimento econômico, cultural, social e sustentável tanto no Brasil como no Cazaquistão por meio do Turismo”, destacou Lummertz ao assinar o documento que encoraja a troca de experiências, o intercâmbio de informações, e o compartilhamento de dados e estatísticas do setor em áreas de interesse mútuo entre os dois países.

O memorando estabelece também o estímulo de parcerias entre associações, organizações, operadores e agências de turismo, entre outros segmentos do mercado de Viagens nas duas nações. O documento também incentiva os setores público e privado a investirem no setor, com ênfase no desenvolvimento e na implementação de cooperação técnica, intercâmbio de especialistas do setor de viagens, treinamento em turismo e outros projetos turísticos benéficos para as duas partes.

Apesar da distância entre os dois países, o embaixador Kairat Sarzhanov considera o turismo um importante setor pelo fortalecimento dos laços diplomáticos entre Brasil e Cazaquistão. “Devemos dedicar especial atenção à expansão das nossas relações em Turismo para aperfeiçoarmos conhecimentos sobre cultura, modo de vida e história de cada país, além de estimular turistas a visitarem uma nação à outra”, destacou.

Edição: Vanessa Sampaio

Fim do conteúdo da página