Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Acesso a informação > Ações e programas > Programa Turismo Acessível
Início do conteúdo da página

Programa Turismo Acessível

Publicado: Quarta, 27 de Maio de 2015, 09h33 | Última atualização em Quinta, 16 de Julho de 2015, 15h36

Com foco na necessidade de inclusão das pessoas com deficiência nas atividades e serviços turísticos, o Programa Turismo Acessível constitui a política de acessibilidade do Ministério do Turismo para o período de 2012-2014. As propostas visam promover a inclusão social e o acesso de pessoas com deficiência aos benefícios da atividade turística, permitindo o alcance e a utilização de serviços, edificações e equipamentos turísticos com segurança e autonomia.
Ao propiciar a inclusão de pessoas com deficiência na atividade turística, o Programa integra as ações e iniciativas do Governo Federal que buscam defender e garantir condições de vida com dignidade, plena participação e inclusão na sociedade, e igualdade de oportunidades a todas as pessoas com deficiência.
Nesta perspectiva, o Programa Turismo Acessível reúne as iniciativas e ações relacionadas à acessibilidade existentes no âmbito do Ministério do Turismo e Embratur para a construção de uma política de inclusão social que possa ser implementada de forma sinérgica entre todas as áreas do MTur, Embratur e instituições parceiras.

Objetivos

 Promover a inclusão social e o acesso de pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida aos benefícios da atividade turística, de modo a permitir o alcance e a utilização de serviços, edificações e equipamentos turísticos com segurança e autonomia.

  • Realizar estudos e pesquisas para apoiar o setor público, privado e terceiro setor na estruturação de destinos e produtos turísticos acessíveis.
  • Orientar os profissionais e gestores da cadeia produtiva do turismo, por meio da disseminação de conhecimentos, quanto à importância da acessibilidade como fator de inclusão social e competitividade para o turismo.
  • Incentivar a ampliação do número de unidades habitacionais (suítes, apartamentos, quartos e chalés de meios de hospedagens) acessíveis nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo e seus entornos.
  • Implantar um sistema de certificação de informações acerca da acessibilidade de empreendimentos e atrativos turísticos de destinos brasileiros.
  • Apoiar a implantação e adequação de infraestrutura turística e de apoio ao turismo acessíveis nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo.
  • Incentivar o acesso de pessoas com deficiência no mercado de trabalho do turismo.
  • Promover e apoiar o posicionamento de destinos e produtos turísticos acessíveis, em âmbitos nacional e internacional.
  • Apoiar a comercialização de destinos e produtos acessíveis.

 

Resultados Esperados

  • Realização de estudos e pesquisas disponibilizados ao setor público, privado e terceiro setor para subsidiar a estruturação de destinos e produtos turísticos acessíveis.
  • Qualificação e sensibilização de 8 mil pessoas para o tema acessibilidade como fator de inclusão social e competitividade para o turismo.
  • Aumento para 5% de unidades habitacionais (UHs) acessíveis nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo e seus entornos.
  • Finalização de 100 obras de infraestrutura turística acessíveis, realizadas nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo.
  • Disponibilização, em sistema online, das informações acerca da acessibilidade de empreendimentos e atrativos turísticos de destinos brasileiros.
  • Inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho do turismo.
  • Promoção nos mercados nacional e internacional de destinos e produtos turísticos acessíveis.

 Site Turismo Acessível

Downloads

Fim do conteúdo da página