Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Programa Viaja Mais

Publicado: Quarta, 27 de Maio de 2015, 09h17 | Última atualização em Quinta, 16 de Julho de 2015, 15h35

Criado para incentivar os brasileiros a viajarem pelo Brasil, o programa Viaja Mais integra o Plano Nacional de Turismo 2013 - 2016. Foi instituído pela portaria MTur 228, de 3 de setembro de 2013 e é composto pelos projetos:

  • Viaja Mais Melhor Idade;
  •  Viaja Mais Jovem (em fase de estruturação);
  • Viaja Mais Trabalhador (em fase de estruturação);

Viaja Mais Melhor Idade

Componente do Programa Viaja Mais, o Viaja Mais Melhor Idade é uma iniciativa do Ministério do Turismo para proporcionar a idosos, aposentados e pensionistas a oportunidade de viajar pelo Brasil, ao mesmo tempo em que fortalece o turismo interno. Este público, que tem como uma de suas características a possibilidade de tirar férias em períodos de baixa ocupação, pode minimizar um grande problema do setor turístico: a sazonalidade. Com isso, confere maior competitividade ao setor.

A incorporação de segmentos especiais de demanda no mercado interno do turismo, incluindo os idosos, está prevista no Artigo 6º da Lei 11.771, de 17 de setembro de 2008, que dispõe sobre a Política Nacional de Turismo. A pretensão é incentivar a adoção de programas de descontos e a facilitação de deslocamentos e de hospedagem, além da fruição dos produtos turísticos em geral.

Objetivos

Promover a inclusão social de pessoas com mais de 60 anos, de aposentados e de pensionistas, proporcionando-lhes oportunidades de viajar e de usufruir os benefícios da atividade turística, como forma de fortalecimento do setor no Brasil.

  • Fortalecer o mercado interno, dinamizando a cadeia de distribuição do turismo e proporcionando maior estabilidade ao setor de serviços.
  • Estimular a atividade turística, principalmente em períodos de baixa ocupação, como mecanismo de aumento da competitividade dos destinos nacionais e redução dos efeitos da sazonalidade.
  • Proporcionar ao público-alvo maior conhecimento do país, de sua natureza, sua cultura e sua gente, incentivando o hábito da viagem.
  • Fomentar as viagens internas por meio de mecanismos que viabilizem a oferta de produtos de qualidade e acessíveis a idosos, aposentados e pensionistas.
  • Estimular o desenvolvimento de um mercado turístico segmentado para o público idoso, que permita uma relação real entre a qualidade e o preço dos serviços turísticos nacionais.
  • Estimular o aprimoramento e a diversificação dos produtos turísticos já comercializados para o público idoso.
  • Fortalecer o desenvolvimento econômico das pequenas e médias empresas, que compõem a maior parte da atividade turística nacional.

 

Evolução do Viaja Mais Melhor Idade

O Viaja Mais Melhor Idade foi instituído em 2007, com um duplo objetivo. Primeiro, fazer a inclusão social por meio do turismo, viabilizando o acesso do público idoso às viagens de lazer. Depois, estimular o turismo interno, ao fazer com que aposentados, pensionistas e maiores de 60 anos aproveitem seu tempo livre para viajar pelo Brasil.

Sua primeira fase, encerrada em 2010, foi um sucesso: com a disponibilidade de tempo e recursos que caracterizam o público da melhor idade, promoveu-se o aumento das taxas de ocupação dos prestadores de serviços turísticos e, consequentemente, a redução dos efeitos da sazonalidade. Entre os anos de 2007 e 2010, 599 mil pacotes turísticos foram vendidos no âmbito do Viaja Mais Melhor Idade, gerando mais de R$ 531 milhões.

Em setembro de 2013, o Ministério do Turismo lançou a 2ª edição do Viaja Mais Melhor Idade, com uma proposta mais abrangente e flexível, de acesso facilitado e com mais descontos e vantagens para o turista. Não há mais restrição de períodos ou de destinos para as viagens: elas podem ocorrer durante todo o ano e para qualquer destino turístico brasileiro.

O programa é implementado de maneira modular. No primeiro módulo, o cliente tem à sua disposição ofertas de agências e operadoras de turismo, mas, tão breve os módulos seguintes sejam implantados, será possível ter acesso às ofertas de meios de hospedagem, atrativos turísticos, empresas de transporte, dentre outras.

Como participar

Por meio do portal www.viajamais.gov.br, o turista pode verificar uma lista atualizada de vantagens e descontos oferecidos pelas empresas cadastradas. Após escolher a oferta desejada, o cliente tem à sua disposição os links das empresas ofertantes para que ele próprio possa fazer a compra e viajar pelo Brasil. Importante ressaltar que o site é uma vitrine de ofertas, ele não intermedia nenhuma compra, ficando o cliente livre para negociar com o vendedor da maneira que preferir.

Para efetivar compras, o turista deverá comprovar a sua condição de idoso (idade igual ou superior a 60 anos), de aposentado ou de pensionista. O ofertante é o responsável por estabelecer as formas de exigência desta comprovação. Para pessoas com 60 anos ou mais, um documento oficial de identificação com foto (RG, carteira de trabalho, carteira de motorista, carteira funcional ou passaporte) é suficiente para a comprovação. Se este ainda não é o seu caso, é necessário apresentar também um comprovante de recebimento de benefícios como aposentado ou pensionista, que pode ser um holerite ou até um cartão magnético do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Downloads

Fim do conteúdo da página