Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Salão do Turismo: dicas para uma viagem bem sucedida
Início do conteúdo da página

Salão do Turismo: dicas para uma viagem bem sucedida

Um estande no 4º Salão do Turismo – Roteiros do Brasil contará com profissionais treinados para orientar o visitante sobre quais cuidados devem ser adotados para garantir uma viagem bem sucedida
  • Publicado: Quinta, 18 de Junho de 2009, 09h02
  • Última atualização em Terça, 23 de Junho de 2009, 08h56

Montado próximo à entrada principal do Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, o estande Viagem Legal atenderá ainda prestadores de serviço interessados em formalizar sua situação junto ao Ministério do Turismo (MTur).
 
No Viagem Legal, o visitante poderá tirar dúvidas sobre pacotes turísticos, cruzeiros, roteiros, entre outros produtos turísticos oferecidos pela setor. Dentro do estante haverá um barco, uma recepção de um albergue da juventude e um ônibus. A idéia é apresentar de maneira didática quais os itens de segurança obrigatórios, as condições básicas do equipamento e os direitos dos turistas.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária também marca presença no local para instruir o turista com relação aos exames médicos necessários e os cuidados a serem adotados com a saúde.
 
Um dos objetivos do estande é incentivar o público a contratar as empresas credenciadas no Cadastur, cadastro de prestadores de serviços turísticos do MTur. “Quando um turista não fica satisfeito com um atendimento, muitas vezes não consegue reaver o dinheiro, nem registrar uma denúncia nos órgãos de fiscalização, porque a empresa não tinha registro e simplesmente fechou as portas”, explica Mariana Xavier, do Cadastur.
 
Dicas:
•        Só assine documentos depois de ler e analisar com atenção o contrato de prestação de serviços;
•        Guarde sempre os materiais promocionais ou recortes de jornal que divulgaram a viagem ou excursão. Isso pode ser útil para formalizar uma reclamação ou denúncia;
•        Exija a presença do profissional Guia de Turismo;
•        Nas viagens de ônibus ou avião, guarde sempre o tíquete de bagagem e o bilhete de passagem. Eles são a garantia de passageiro no caso de extravio ou dano na bagagem;
•        Identifique sua bagagem por dentro e por fora e transporte jóias, documentos, aparelhos eletrônicos e telefone celular sempre na bagagem de mão;
•        Sempre solicite a confirmação por escrito da reserva em um meio de hospedagem, contendo as informações sobre a tarifa, o horário do check-in, o tipo de unidade habitacional, os serviços oferecidos e a forma de pagamento;
•        Em caso de problemas na prestação de serviços, procure o Órgão de Proteção e Defesa do consumidor local – PROCON e o Ministério do Turismo.
 
Saiba mais sobre o Cadastur    
O Cadastur, cadastro dos prestadores de serviços turísticos, nasceu em junho de 2006, na segunda edição de Salão do Turismo. Ele substituiu o antigo Sistema Automático de Gerenciamento dos Prestadores de Serviços Turísticos – SAGET, operacionalizado pelo Instituto Brasileiro de Turismo – EMBRATUR.
 
Em 17 de setembro de 2008 foi publicada a Lei 11.771, que estabelece o cadastramento obrigatório para prestadores de serviços turísticos. Ele deixou de ser um benefício e passou a ser um dever. Hoje, o sistema é executado em parceria com os órgãos oficiais de turismo nos 26 estados brasileiros e Distrito Federal.
 
A inscrição tem dois anos de validade e a consulta do certificado fica disponível no endereço eletrônico  www.cadastur.turismo.gov.br. No mesmo site os prestadores de serviço encontrarão as categorias para as quais o cadastro é obrigatório.
 
Credenciamento
Jornalistas, visitantes e voluntários já podem se cadastrar gratuitamente para o salão no site www.salao.turismo.gov.br

registrado em:
Fim do conteúdo da página