Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Intenção de viagem é a maior do ano
Início do conteúdo da página
destinos

Intenção de viagem é a maior do ano

Percentual de potenciais viajantes supera junho do ano passado e mais da metade dos entrevistados pretende ir para o Nordeste

  • Publicado: Sexta, 14 de Julho de 2017, 10h22
  • Última atualização em Quinta, 13 de Julho de 2017, 20h13


Nordeste é a região mais procurada pelos potenciais viajantes brasileiros. Crédito: Embratur

Pesquisa do Ministério do Turismo realizada em sete capitais mostra que cerca de 25% dos brasileiros entrevistados em junho pretendem viajar nos próximos seis meses, o que representa o melhor resultado deste ano.

Dos brasileiros que pretendem fazer as malas até dezembro, 79,4% devem visitar destinos nacionais

Além de ser o maior do ano, o percentual de intenção de viagem cresceu nas quatro faixas de renda familiar pesquisadas e também na comparação com junho do ano passado. De 19,7% para os atuais 23%. Dos brasileiros que pretendem fazer as malas até dezembro, 79,4% devem visitar destinos nacionais.

“Consideramos esses dados da sondagem mensal de intenção de viagem, que aponta crescimento tanto no ano como na relação com 2016, importantes indicativos do aumento da confiança do brasileiro na recuperação da economia”, avalia o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

A Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem de junho revela também que a região Nordeste será a mais demandada pelos potenciais viajantes. Mais da metade, 50,6%, pretende viajar para destinos nordestinos. O Sudeste é o segundo colocado com 22,5% das indicações seguindo do Sul com 10%.


Meio de transporte da maioria será o avião. Crédito: Roberto Castro/ MTur

A maioria dos viajantes fará seus deslocamentos de avião, o meio de transporte preferido por 57,5% dos entrevistados, leve crescimento em relação ao mesmo período de 2016 - 55,9%. Houve queda, com relação a junho do ano passado, na escolha do automóvel, de 29,5% para os atuais 26,3%. Já na escolha do meio de hospedagem, mais da metade (52,3%) dos brasileiros que viajarão nos próximos seis meses, devem optar por hotéis e pousadas, enquanto 34,9% ficarão em casa de amigos e parentes.

A sondagem é realizada mensalmente pela Fundação Getulio Vargas (FGV) em Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Juntas, essas capitais representam 70% do fluxo turístico doméstico brasileiro.

registrado em:
Fim do conteúdo da página