Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Brasília quer reconhecimento como cidade criativa
Início do conteúdo da página
destinos

Brasília quer reconhecimento como cidade criativa

Candidatura para integrar rede da Unesco foi lançada nesta terça-feira (06) e resultado deverá ser anunciado em 31 de outubro

  • Publicado: Terça, 06 de Junho de 2017, 16h02
  • Última atualização em Terça, 06 de Junho de 2017, 17h20

Por Nayara Oliveira


Crédito: André Borges/ Agência Brasília

Brasília quer ser incluída no seleto grupo de cidades criativas da Unesco e para que isso aconteça, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, lançou nesta terça-feira (06), no Palácio do Buriti, a candidatura da capital federal na categoria Design. A ideia é que a cidade troque experiências com as demais integrantes da rede com o intuito de promover e desenvolver a cultura e turismo local.

A expectativa é de que o documento com o pleito seja entregue à entidade até 16 de junho e o anúncio das cidades selecionadas deverá ser feito em 31 de outubro. “Brasília é a junção de talentos e possui uma cultura diversa oriunda da mistura de pessoas que vieram de outros estados. É uma cidade inovadora em sua essência e sua inserção na rede ampliará o desenvolvimento cultural e turístico”, defendeu o governador.

Reconhecida há 30 anos pela própria Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade, a cidade já havia submetido uma candidatura à categoria Música em 2015, sem sucesso. Agora, um novo projeto com foco no Design será apresentado e as perspectivas são positivas.

“O brasiliense respira design desde o nascimento da cidade, com a construção dos monumentos, até o dia a dia na gastronomia, moda, publicidade, eventos, arte. A gente tem certeza que essa candidatura será bem sucedida”, afirmou o secretário-adjunto de Turismo, Jaime Recena, que acredita que a candidatura da capital será bem recebida pela organização.

Para fazer parte da rede, a cidade deve ser eleita em uma das categorias: Artesanato e Artes Folclóricas, Design, Filme, Gastronomia, Literatura, Artes Midiáticas e Música. O objetivo, então, será promover a cooperação internacional e incentivar o compartilhamento de experiências e recursos para o desenvolvimento local por meio da cultura e da criatividade.

A rede reúne 116 cidades de 54 países. O Brasil conta com cinco integrantes neste seleto grupo: Curitiba, na categoria Design; Santos, na categoria Filme; Florianópolis e Belém, com a Gastronomia; e Salvador, com a Música.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página