Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Rio inaugura maior aquário marinho da América do Sul
Início do conteúdo da página
Destinos

Rio inaugura maior aquário marinho da América do Sul

Novo atrativo da zona portuária do Rio de Janeiro ficará próximo a outras atrações turísticas e de lazer, no local conhecido como Boulevard Olímpico

  • Publicado: Segunda, 31 de Outubro de 2016, 13h06
  • Última atualização em Sexta, 04 de Novembro de 2016, 09h44

Por Geraldo Gurgel

Ministro do Turismo, Marx Beltrão, participa da inauguração do AquaRio. Foto: Gustavo Messina
Ministro do Turismo, Marx Beltrão, participa da inauguração do AquaRio. Foto: Gustavo Messina


O ministro do Turismo, Marx Beltrão, participou segunda-feira (31) da inauguração oficial do AquaRio - Aquário Marinho do Rio de Janeiro. O novo ponto turístico da cidade estará localizado no Porto Maravilha, nas proximidades do Boulevard Olímpico, área revitalizada para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 que reúne outros atrativos como o Museu do Amanhã, Museu de Arte do Rio e o painel “Etnias”, de autoria do artista brasileiro Eduardo Kobra. Este será o maior aquário marinho da América do Sul.

Esta será uma nova atração turística da cidade que foi a principal porta de entrada dos turistas estrangeiros que vieram ao Brasil a lazer em 2015, segundo a Demanda Turística Internacional do Ministério do Turismo. O AquaRio é mais um atrativo para reforçar o projeto continuado de revitalização da antiga zona portuária do Rio de Janeiro. O aquário ocupa o prédio da antiga Companhia Brasileira de Armazenamento (Cibrazem).

"O AquaRio chega num momento extremamente importante para agregar ainda mais valor a experiência turística do Rio de Janeiro e do Brasil. São iniciativas como esta que ajudam o setor a se desenvolver, gerar emprego e renda para a população quando o país mais precisa", afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Com 26 mil metros quadrados, o espaço abriga 4,5 milhões de litros d’água salgada divididos em 28 tanques e reúne cerca de oito mil animais de 350 espécies. Entre as espécies exposta estão peixes da costa brasileira, do Caribe e do Indo-Pacífico, como tubarões, arraias, moreias, e cavalos-marinhos entre outros. O maior tanque do local, batizado como ‘Recinto Oceânico’, tem 7 metros de profundidade e 500 m² de área, com uma grande arquibancada para visitantes.

Foto: AquaRio/Divulgação
Foto: AquaRio/Divulgação


O empreendimento é resultado de um investimento da ordem de R$ 130 milhões feito pela iniciativa privada e sua gestão é de responsabilidade do Instituto Museu Aquário Marinho do Rio de Janeiro (IMAM). A expectativa é de que o local, que será aberto oficialmente para o público em 9 de novembro, receba, em média, de 4 e 5 mil visitantes por dia. O aquário movimentará outros atrativos localizados na Orla Paulo Conde.

O ministro lembrou, ainda, o legado olímpico. "Aqui onde estamos, foi um dos lugares mais movimentados do Rio durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. De acordo com dados oficiais divulgados pelo prefeito Eduardo Paes, mais de 4 milhões de pessoas passaram pelo Boulevard Olímpico apenas durante os 17 dias dos jogos. Foi o lugar escolhido pelo governo federal para montar a Casa Brasil, principal plataforma de promoção do país. Com a abertura oficial do AquaRio podemos ter certeza de que o processo de revitalização desta zona portuária será continuado. Se a Olimpíada tivesse gerado só este legado já teria valido a pena, mas ela gerou muito mais frutos", ressaltou.

BOULEVARD OLÍMPICO - A área revitalizada de 3 quilômetros compreende as praças XV e Mauá; centos culturais; museus, entre eles o MAR (Museu de Arte do Rio) e Museu do Amanhã; a Cidade do Samba e galpões multiuso do antigo Porto do Rio. A região conta ainda com um moderno sistema de Veículos Leves sobre Trilhos (VLT) para auxiliar a mobilidade de turistas e moradores da cidade.

"Tenho certeza que o AquaRio vai agregar muito à experiência turística do Rio uma vez que ele se une a uma série de atrações que esta região do Rio já tem como o Museu do Amanhã, Museu de Arte do Rio e a Pira Olímpica", avaliou o secretário estadual de Turismo, Nilo Sérgio.

INVESTIMENTOS DO MTUR - Desde sua criação, o Ministério do Turismo já investiu R$ 104,8 milhões em obras de desenvolvimento da infraestrutura turística da cidade, com destaque para os R$ 14,5 milhões investidos pela Pasta para a instalação de 500 placas de sinalização na capital carioca.

registrado em:
Fim do conteúdo da página