Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Atrativos naturais e ecoturismo atraem cada vez mais estrangeiros ao Brasil
Início do conteúdo da página
Institucional

Atrativos naturais e ecoturismo atraem cada vez mais estrangeiros ao Brasil

Pesquisa aponta aumento de 23% no interesse de turistas internacionais por atividades na natureza

  • Publicado: Quarta, 20 de Julho de 2016, 10h20
  • Última atualização em Sexta, 22 de Julho de 2016, 10h23

Por Gustavo Henrique Braga

Gruta Azul. Foto: Banco de imagens
Gruta Azul. Foto: Banco de imagens

O percentual de estrangeiros que viajaram a lazer para o Brasil em 2015, motivados pelos atrativos naturais, ecoturismo e turismo de aventura passou de 12,8% em 2014 para 15,7% em 2015. A conclusão é da pesquisa Demanda Turística Internacional, do Ministério do Turismo, e reforça a posição do país como um dos principais destinos do segmento no mundo. Não por acaso, o país é considerado pelo Fórum Econômico Mundial como o número um em recursos naturais.

“O Brasil é privilegiado por reunir riquezas como a Floresta Amazônica, o Pantanal, o Cerrado, a Mata Atlântica e mais de 8 mil quilômetros de litoral, além da maior bacia hidrográfica do planeta. Com a gestão profissional e a parceria entre os setores público e privado esses produtos podem ser explorados de forma sustentável, com benefício para as comunidades locais”, afirma o ministro interino do Turismo, Alberto Alves.

De olho em todo este potencial, o Ministério do Turismo e a Embratur defendem a busca por investimento privados nacionais e internacionais por meio de Parcerias Público Privadas e concessões em áreas estratégicas como marinas e parques nacionais. Dados do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) mostram que a visitação às unidades de conservação federais aumentou significativamente na última década. Se forem considerados somente os parques nacionais, o número de visitantes subiu 238%, passando de 2,99 milhões em 2007 para 7,14 milhões em 2015.

PRESERVAÇÃO - Para estimular a preservação desses atrativos, o Ministério do Turismo é parceiro institucional do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) na campanha Passaporte Verde, juntamente com os ministérios do Esporte e do Meio Ambiente. Por meio da campanha, as organizações participantes apresentam formas simples para que os viajantes tornem o turismo uma atividade sustentável, que respeita o meio ambiente e a cultura, ao mesmo tempo em que promove o desenvolvimento socioeconômico das comunidades receptoras.

No campo do turismo de aventura, o Brasil também é referência internacional. No primeiro semestre de 2016, dois estabelecimentos brasileiros obtiveram a certificação internacional NBR ISO 21101 para atividades deste segmento. Eles figuram entre os primeiros a conquistarem este tipo de certificação no mundo.

As certificações internacionais ISO em turismo de aventura foram elaboradas a partir da expertise dos brasileiros no segmento. Levam em consideração, não só a qualidade dos produtos e serviços, mas toda a cadeia produtiva: das empresas que promovem atividades de aventura às operadoras que oferecem pacotes turísticos e os fornecedores de equipamentos como capacetes, cordas, caiaques e mosquetões.

DEMANDA INTERNACIONAL - Foram ouvidos 35.133 turistas estrangeiros em 16 aeroportos internacionais, que representam mais de 99% do fluxo internacional aéreo; e 10 fronteiras terrestres, que representam cerca de 90% do fluxo internacional terrestre.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página