Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Para atender bem ao turista
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Para atender bem ao turista

Centros de Atendimento ao Turista atendem milhares de turistas em todo o país. Para construção e ampliação das unidades, o Ministério do Turismo investiu R$ 89 milhões nos últimos anos

  • Publicado: Quarta, 27 de Janeiro de 2016, 12h38
  • Última atualização em Terça, 02 de Fevereiro de 2016, 09h56

Por Carolina Valadares

Centro de Atendimento ao Turista no Rio de Janeiro. Foto: Riotur/Alexandre
Centro de Atendimento ao Turista no Rio de Janeiro. Foto: Riotur/Alexandre


A informação para o turista é um item essencial para que uma viagem seja aproveitada da melhor forma possível. Pensando nisso, o Ministério do Turismo investiu, desde 2003, R$ 89 milhões para a construção e reforma de Centros de Atendimento aos Turistas (CATs) em todo o país. Somente em 2015, a pasta destinou, para essas obras, R$ 4 milhões.

“Os centros de atendimento ao turista são fundamentais pois permitem o primeiro contato entre o visitante e a cidade. Tem o relevante papel de orientar e informar para que o turista tenha uma boa impressão do destino logo na chegada”, ressalta o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves.

Em Salvador (BA), os visitantes podem solicitar informações em um dos quatro centros de atendimento sob a administração da Bahiatursa: no aeroporto, no Pelourinho, na rodoviária e na Praia do Forte. Há, ainda, outros centros administrados pela prefeitura. Juntos, os quatro CATs contam com 12 atendentes que realizaram, entre janeiro e setembro de 2015, 24 mil atendimentos. Há também o Disk Bahia Turismo no telefone (71) 3103-3103 e que passa informações em português, inglês e espanhol.

Aqueles que desejam obter informações para aproveitar mais a capital do Rio Grande do Norte, Natal, podem procurar um dos três centros instalados na Praia de Ponta Negra (02) e na Praia dos Artistas (01). Juntos eles contabilizam cerca de 10 mil atendimentos em 2015.

Os turistas que visitam a capital do país podem recorrer a um dos três centros de atendimento em funcionamento: Aeroporto Juscelino Kubitschek, Praça dos Três Poderes e Centro de Convenções. Juntos os CATs realizaram, em 2015, 17 mil atendimentos. Em Brasília, também é possível solicitar informações pelo telefone (61) 3214-2764.

Na capital paraibana, João Pessoa, a população local e os turistas dispões de três CATs fixos: na Praia de Tambaú, na rodoviária e no aeroporto. A cidade conta também com uma van que percorre os locais mais movimentados do litoral norte e sul e oferece atendimento bilíngue para recepcionar os turistas.

No Espírito Santo, a Secretaria de Turismo do Espírito Santo supervisiona dois CATs em Vitória, um no desembarque do aeroporto e outro na rodoviária. Ao todo, oito atendentes bilíngues fazem o trabalho de recepcionar os turistas.

“Alguns turistas chegam com seu roteiro definido, mas com nossas dicas tudo muda, as informações são mais precisas e claras do que na internet”, relata Elder Nascimento, atendente do posto da rodoviária.

Entre os viajantes que procuram os centros de informações muitos estão de passagem rápida pela cidade. Entre uma conexão e outra aproveitam para curtir os atrativos turísticos próximos e no balcão buscam dicas e sugestões de roteiros.

RIO DE JANEIRO - A capital mais visitada por estrangeiros a lazer no país, o Rio de Janeiro, possui 15 centros de atendimento administrados pela Turisrio. Em 2015, esses CATs realizaram 259 mil atendimentos, dos quais 165 mil foram atendimentos a estrangeiros. Para recepcionar os turistas que visitam a cidade maravilhosa, a Riotur disponibiliza 59 recepcionistas e 23 estagiários, sendo que todos eles são bilíngues.

A cidade também já tem experiência em montar centros de atendimentos temporários durante grandes eventos como na Copa do Mundo, na Copa das Confederações e agora durante a Olimpíada.  Segundo a assessoria de imprensa da Turisrio, o projeto de montagem desses centros para os jogos Olímpicos está em elaboração.

SERVIÇO:

Acesse o site Viaje Legal e saiba mais sobre como evitar problemas e ter uma boa viagem.

 

< ACESSE TODAS AS NOTÍCIAS




registrado em:
Fim do conteúdo da página