Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Chapadas brasileiras unem paisagens deslumbrantes à biodiversidade
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Chapadas brasileiras unem paisagens deslumbrantes à biodiversidade

A segunda reportagem da série “Verão do MTur” traz dicas sobre as belas paisagens naturais que encantam turistas brasileiros e estrangeiros

  • Publicado: Quarta, 30 de Dezembro de 2015, 17h18
  • Última atualização em Quinta, 31 de Dezembro de 2015, 11h43

Por Pedro Fideles

Aventurar-se em trilhas ecológicas, banhar-se em cachoeiras e piscinas naturais de águas cristalinas, e deslumbrar-se com a beleza das paisagens são algumas das atividades que os turistas que visitam as chapadas brasileiras podem fazer em suas viagens pelo Brasil.

O ecoturismo e o turismo de natureza são os segmentos turísticos que mais crescem no mundo, com taxas entre 15% e 25% ao ano, segundo a Organização Mundial do Turismo. No Brasil, uma pesquisa recente do Ministério do Turismo revelou que esse segmento é a principal motivação de 12,8% dos estrangeiros que visitam nosso país.

Confira aqui as dicas do Ministério do Turismo sobre as principais chapadas do país e já aproveite para planejar as suas próximas férias:

Chapada dos Veadeiros (GO)


Crédito: Divulgação

Localizada no extremo norte do estado de Goiás, a Chapada dos Veadeiros atrai turistas devido às belas paisagens naturais compostas por cânions, paredões e cachoeiras de águas cristalinas. Em 2001, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros foi tombado pela Unesco como Patrimônio Natural da Humanidade, em reconhecimento à rica biodiversidade característica do Cerrado, e pela existência de espécies endêmicas no local.

A Chapada é um dos polos do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável do Ministério do Turismo. Entre as ações planejadas para o desenvolvimento do turismo na região, destacam-se as obras de implantação de sinalização turística, projetos de capacitação profissional e a promoção do destino turístico.

Como chegar:

Partindo da rodoviária do Plano Piloto, em Brasília (DF), a Chapada dos Veadeiros fica a 234 km pelo trajeto formado pela rodovia BR-010.

O Aeroporto Internacional de Brasília – Presidente Juscelino Kubitschek é o mais próximo da Chapada dos Veadeiros, e fica a 247 km pela rodovia BR-010.

 

Chapada dos Guimarães (MT)


Cachoeira Véu da Noiva. Crédito: Divulgação


A Chapada dos Guimarães atrai turistas pela beleza de suas paisagens naturais compostas por paredões e cachoeiras de águas cristalinas. Ao visitar o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, os turistas podem contemplar a cachoeira do Véu de Noiva, e banhar-se em uma das sete quedas d’água abertas ao público, como as cachoeiras do Pulo e Sete de Setembro.

Como chegar:

Partindo da rodoviária de Cuiabá, a Chapada dos Guimarães fica a 53,8 km pelo trajeto formado pela rodovia BR-251.

O Aeroporto Internacional de Cuiabá – Marechal Rondon é o mais próximo da Chapada dos Guimarães, e fica a 65,7 km pela rodovia BR-251.

 

Chapada das Mesas (MA)


Crédito: Divulgação

 

A Chapada das Mesas, localizada no extremo sul do estado do Maranhão, tem como cartão postal formações rochosas que lembram grandes mesas de pedra, e também seus paredões, cavernas, cânions e cachoeiras que encantam os turistas pela beleza de suas paisagens naturais. Entre as atividades turísticas oferecidas aos turistas que desejam aventurar-se durante o passeio, destacam-se o rapel e as trilhas ecológicas em que os visitantes podem conhecer também as piscinas naturais de águas cristalinas da região.

Como chegar:

Partindo do Terminal Rodoviário de São Luís, a Chapada das Mesas fica a 857 km pelo trajeto formado pelas rodovias BR-230, BR-226, MA-012 e BR-135.

O Aeroporto de Carolina (MA) – Brigadeiro Lysias Augusto Rodrigues é o mais próximo da Chapada das Mesas, e fica a 50,5 km pela rodovia BR-230.

 

Chapada Diamantina (BA)


Poço Azul. Crédito: Tatiana Azeviche

 

Localizada na região central da Bahia, a Chapada Diamantina reúne a rica biodiversidade da Mata Atlântica aos paredões, grutas e cachoeiras que encantam turistas brasileiros e estrangeiros pela beleza das paisagens. As trilhas, os banhos nas cachoeiras e no poço de águas cristalinas em Nova Redenção destacam-se entre os atrativos da chapada, que foi batizada em referência ao período de exploração de minérios e jazidas de diamante na região.

Como chegar:

Partindo da rodoviária de Salvador, a Chapada Diamantina fica a 406 km utilizando o trajeto formado pelas rodovias BR-324 e BA-052.

O Aeroporto de Irecê (BA) é o mais próximo da Chapada Diamantina, e fica a 82,9 km pela rodovia BA-052.

 

< ACESSE TODAS AS NOTÍCIAS


registrado em:
Fim do conteúdo da página