Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > A beleza das praias de água doce pelo Brasil
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

A beleza das praias de água doce pelo Brasil

As praias de rio oferecem aos visitantes águas calmas e cristalinas, ideais para o banho, contemplação da natureza e prática de esportes

  • Publicado: Terça, 29 de Dezembro de 2015, 15h28
  • Última atualização em Quarta, 30 de Dezembro de 2015, 17h49

Por Gustavo Henrique Braga

Nem só de água salgada é feita àquela praia objeto de desejo dos viajantes para curtir o verão. Com água doce e calma, as praias de rio espalhadas pelo Brasil, e ainda pouco conhecidas dos turistas, também são uma excelente opção quem deseja se refrescar nessas férias aproveitando as águas cristalinas para contemplar a natureza. O país detém a maior reserva de água doce do mundo – 12%.

Em geral, as praias de rio ainda são mais vazias e preservadas em comparação às praias de mar, isso porque estão próximas à municípios menores. Entre as opções para quem deseja curtir essas praias, além do tradicional banho de rio, estão a de aproveitar as várias trilhas próximas à natureza e curtir a diversão dos passeios de boia e de barco, além da prática de esportes.

Dados do Ministério do Turismo mostram que, entre os brasileiros que pretendem viajar nos próximos seis meses, 81,7% deverão escolher destinos nacionais. Ainda segundo o Estudo da Demanda Turística Internacional, 62% dos entrevistados a principal motivação de viagens a lazer estão ligadas a sol, praia, natureza, ecoturismo e aventura.

Quem sabe esta não é uma boa oportunidade de conhecer a beleza das praias de rio? O Ministério do Turismo destacou algumas praias que valem a pena conhecer.


Alter do Chão (PA)


Alter do Chão – Divulgação Embratur

A praia do rio Tapajós, localizada à 35 quilômetros de Santarém (PA), é apelidada de “Caribe Amazônico”. A alcunha leva em conta características como a areia banca e a água doce azul e cristalina do Rio Tapajós. A praia aparece no período da vazante do rio Tapajós, entre os meses de agosto e janeiro. O balneário é um dos pontos mais visitados da região e foi eleita pelo jornal britânico The Guardian, em 2009, como a melhor praia do mundo. 


Andaraí (BA)


Rio Paraguaçu – Secretaria  de Meio Ambiente e Turismo - Andaraí/Chapada Diamantina 


Saindo de carro do Município de Andaraí (BA), na Chapada Diamantina, são apenas 10 minutos para chegar à cachoeira da Donana, na saída do Canyon do Rio Paraguaçu. Ao descer as pedras da cachoeira, chega-se às praias do Rio Paraguaçu. O local é considerado ideal para banho, com águas rasas e pouca correnteza. São quatro quilômetros de extensão de praia com vasto areal branco.


Prainha da Cachoeira da Velha (TO)


Jalapão. Divulgação: Embratur

Alimentada pelas águas do Rio Novo, a Cachoeira da Velha é a maior cachoeira do Jalapão. Nela, as águas formam duas quedas em formato de ferradura, com aproximadamente 100 metros de largura e 15 metros de altura. Próximo à Cachoeira da Velha existe uma prainha com sombra e águas mansas. A trilha que leva os visitantes da cachoeira à prainha leva cerca de uma hora e conta com espaços para descanso e contemplação da natureza. O local também é propício ao camping.


Praia da Figueira (MS)


Praia da Figueira. Divulgação.

Localizada em Bonito, no Mato Grosso do Sul, a praia da Figueira fica em uma propriedade particular e conta com areia branca e uma lagoa de 60 mil metros quadrados repleta de peixes. Além do mergulho, o local oferece diversas atividades como tirolesa, caiaque e flutuação. A visitação pode ser feita de terça a domingo, das 9h às 18h, e o preço para entrada é R$ 50.


Caraíva (BA)


Caraíva. Foto: Lívia Nascimento

Localizada a 103 km de Porto Seguro a pacata e paradisíaca vila de Caraíva tem entre seus maiores encantos o rio que dá nome à cidade. O rio Caraíva, nome inspirado em um peixe típico da região, separa o povoado de Nova Caraíva e é a única forma de acesso à vila de pescador que não permite a entrada de carros e onde todas as ruas ainda são de areia branca. Às margens do belo rio é possível apreciar o pôr do sol, comer um pastel de arraia e mergulhar na água quentinha. Também é possível aproveitar as águas calmas para fazer um passeio de stand up paddle (SUP) e descer o rio de boia. 

< ACESSE TODAS AS NOTÍCIAS

registrado em:
Fim do conteúdo da página