Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Redes sociais ajudam a divulgar destinos e atrair visitantes
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Redes sociais ajudam a divulgar destinos e atrair visitantes

Experiências de Maceió e do Roteiro dos Bandeirantes reforçam importância da presença dos destinos no ambiente digital

  • Publicado: Quarta, 30 de Setembro de 2015, 15h42
  • Última atualização em Quinta, 01 de Outubro de 2015, 11h04

 

Maceió/Alagoas.Foto:Banco de imagens
Redes sociais ampliaram a divulgação de Maceió (AL). Foto: Banco de imagens


As redes sociais se tornaram grandes aliadas do turismo. Especialmente pelo poder de divulgar destinos e engajar os viajantes rapidamente. Em menos de cinco meses a Secretaria de Turismo de Maceió conseguiu divulgar a campanha #ExperimenteMaceió pelos quatro cantos do Brasil por meio das redes Facebook, Instagram e Snapchat.  Mais de um milhão de seguidores passaram a acompanhar as novidades do destino turístico e sua mensagem foi compartilhada 14 mil vezes. 

A presença digital da cidade – que completa 200 anos em dezembro – aproximou o destino de praia do turista, segundo o secretário de Turismo de Maceió, Jair Galvão, e deve atrair mais visitantes à capital. E o poder de divulgação pela internet rompe fronteiras territoriais.

Afinal, a imagem é um dos principais insumos para a venda dos destinos turísticos. São as fotos divulgadas em perfis de redes sociais que se espalham pela rede e atraem o turista estrangeiro para o extenso litoral brasileiro, chama a atenção para as manifestações artísticas e para o patrimônio cultural do país.

Estima-se que 68% dos estrangeiros que visitaram o país no ano passado usaram a internet para planejar a viagem, de acordo com o Ministério do Turismo. A cada hora, internautas de todo o mundo realizam 625 mil buscas no site Google sobre viagens, de acordo com dados da empresa.

O Brasil é destaque nas principais redes sociais que envolvem turistas pela internet, seja pela beleza de suas praias, como destacou o TripAdvisor em recente eleição de melhores destinos; seja pelas praias e gastronomia, como revelou uma das maiores comunidades de viajantes da internet, a Minube, visitada por mais de 30 milhões de turistas, das redes Pinterest, Facebook, Twitter e Google+.

Outra experiência digital bem-sucedida vem do interior de São Paulo. A tecnologia uniu destinos criando um roteiro integrado chamado Destino Caipira, que inclui Itu, Salto, Cabreúva, Porto Feliz, São Roque, Santana de Parnaíba, Tietê, Araçariguama e Pirapora do Bom Jesus.

A promoção dos destinos do Roteiro dos Bandeirantes, antes feita individualmente, passou a ser feita de forma integrada. “A plataforma permite que as cidades do Roteiro dos Bandeirantes marquem presença nos canais do Destino Caipira, formando um polo turístico regional”, disse Edgar Silveira, da Associação Pró-Desenvolvimento do Turismo Regional. A Associação é uma organização não governamental que reúne iniciativa privada e prefeituras locais.

Embora não haja estatísticas que revelem o aumento de visitantes na região, os números indicam movimentação intensa das redes sociais. “O Blog recebe 800 visitas por mês, já o  Facebook, principal rede social do destino, conta com mais de 700 fãs”, disse Edgar.

Fora das redes, um Centro de Atendimento ao Turista móvel impulsiona um programa de relacionamento, que atualmente tem 800 mil cadastros de turistas, que recebem periodicamente informativos eletrônicos sobre os atrativos turísticos da região.

Turismo no Instagram

O Ministério do Turismo está presente em sete redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram, Youtube, Google +, Pinterest e Flickr).  No Instagram atingiu 41 mil seguidores em pouco mais de três anos; ancorado em um projeto do Instagram 100% colaborativo, que já recebeu mais de 179 mil fotos, além de mais de 1 milhão de curtidas nas fotos publicadas, de acordo com o site Iconosquare, que mede estatísticas de perfis e publicações no Instagram.

 
< ACESSE TODAS AS NOTÍCIAS


registrado em:
Fim do conteúdo da página