Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > MTur divulga resultado da seleção de projetos de Turismo de Base Comunitária
Início do conteúdo da página

MTur divulga resultado da seleção de projetos de Turismo de Base Comunitária

Ação pretende fortalecer iniciativas no segmento
  • Publicado: Segunda, 01 de Fevereiro de 2010, 07h43
  • Última atualização em Segunda, 01 de Fevereiro de 2010, 19h37

Como forma de fortalecer, estruturar, organizar e promover as iniciativas de Turismo de Base Comunitária (TBC) e inseri-las no mercado, o Ministério do Turismo (MTur), em parceria com o Instituto Casa Brasil de Cultura (ICBC), lançou, no dia 5 de janeiro de 2010, um concurso para a seleção de projeto de exposição para a II Mostra de Turismo de Base Comunitária do V Salão do Turismo – Roteiros do Brasil, que acontecerá de 26 a 30 de maio de 2010, em São Paulo (SP). Foram selecionadas propostas de três concorrentes, entre elas a Coralina Cultura e Cenografia, Essência Marketing LTDA e Will Marketing. Os prêmios variam entre R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 3 mil para o primeiro, segundo e terceiro colocado, respectivamente. Ao todo, seis projetos foram apresentados.

Os critérios de julgamento foram clareza e qualidade do projeto; coerência entre proposta, cronograma e orçamento; diversidade da criação artística, originalidade, inovação, utilização de meios audiovisuais; criatividade; economicidade; utilização de materiais adequados à preservação ambiental; e relevância para o desenvolvimento das iniciativas de TBC no âmbito do MTur, por meio da associação dos destinos turísticos à oferta dos produtos e serviços de TBC.

Os projetos foram selecionados por uma banca composta por dois representantes do MTur com perfil de gestão de projetos e análise técnica em instalações de exposição artística e outro com experiência em projetos de eventos e de comercialização do turismo. E, ainda, por um representante do ICBC com experiência em execução e logística de exposição de stand e eventos. A banca foi composta também por dois representantes dos projetos de Turismo de Base Comunitária apoiados pelo MTur da Associação de Estudos Costeiros e Marinhos (Ecomar) e da Associação das Mulheres do Pesqueiros.

O próximo passo é a escolha de um único projeto, para a possível celebração de um contrato com vistas a execução da exposição. O autor da proposta finalista receberá, além da premiação, R$ 10 mil para o desenvolvimento de um projeto executivo da exposição.

O custo estimado para a execução total do projeto será de R$ 400 mil para a realização de três exposições de 100m² cada. A primeira acontecerá durante o V Salão do Turismo e as outras serão definidas posteriormente.

Conheça as propostas vencedoras:

1° lugar: Coralina Cultura e Cenografia

A proposta denominada “Expointerativa” propõe um espaço onde o visitante terá a oportunidade de vivenciar um fragmento da experiência do Turismo de Base Comunitária. O turista escolhe o lugar, a viagem, o destino, mas não escolhe o conteúdo da experiência que se aproxima. Como se as comunidades envolvidas se constituíssem em diversos pacotes de surpresas a serem descobertas.

A identidade visual foi baseada em um pacote postal, com selos, destinatários, remetentes e carimbos. Ao entrar no pacote postal gigante, o visitante poderá, mesmo de longe, desbravar o desconhecido por meio da experiência de se envolver com os povos do Brasil como agente transformador a ser transformado pelo envolvimento e pela responsabilidade social.

A proposta visa promover a interação do visitante com os projetos. As ferramentas são diversas e distribuídas em três ações principais e uma opcional entre labirinto, cine e guia turístico interativo e selos postais.

2º lugar: Essência Marketing LTDA - ME

A partir da ideia de que o turista busca no Turismo de Base Comunitária uma experiência singular com a história da comunidade visitada, a Marqueteria desenvolveu uma proposta em que se propõe a interação via livro. O livro simboliza e materializa a história das comunidades. Por meio da proposta, o visitante poderá conhecer e interagir com imagens e informações dos projetos.

3º lugar: Will Marketing

A proposta segue a ideia da I Mostra de Turismo de Base Comunitária, na qual foi trabalhado o conceito do ciclo de transformação da borboleta. A exposição trouxe a trajetória do casulo que se transforma em borboleta, renova-se e abre asas para voar em outras direções. Uma comparação às pequenas comunidades que transformam os destinos turísticos com a sua atuação ao gerar renda com sustentabilidade e ofertar produtos turísticos de qualidade.

Agora a proposta é reaproveitar os materiais colocando borboletas roxas de vários tamanhos em tubos dobráveis com 30 pontos de luz para iluminar os projetos. As borboletas significam o segundo momento. Do casulo, a lagarta atingiria a maturidade, tornando-se uma borboleta pronta para alcançar voos e dar continuidade ao ciclo.

Os materiais dos projetos seriam expostos em caixas. Dentro das caixas, haveria TVs de plasma ou materiais cedidos pelas entidades. Pequenas borboletas feitas com latas decorariam o ambiente.
 

registrado em:
Fim do conteúdo da página