Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Ministro do Turismo libera R$ 1 milhão para o projeto Viva o Broa
Início do conteúdo da página

Ministro do Turismo libera R$ 1 milhão para o projeto Viva o Broa

Recursos serão investidos em obras de saneamento básico em Itirapina
  • Publicado: Segunda, 31 de Agosto de 2009, 06h15
  • Última atualização em Segunda, 31 de Agosto de 2009, 06h14

O ministro do Turismo, Luiz Barretto, anunciou o repasse de R$ 1 milhão para obras de saneamento básico na Represa do Broa. A liberação dos recursos aconteceu na solenidade de lançamento do projeto Viva o Broa, neste sábado (29), na represa, localizada em Itirapina (SP).

O projeto Viva o Broa é um conjunto de estratégias que visam a despoluição da Represa Lobo, mais conhecida como Broa, e o desenvolvimento do turismo sustentável da região. As ações serão realizadas por meio de um consórcio público intermunicipal para buscar recursos que viabilizem ações de revitalização da região. Os municípios envolvidos são Itirapina, São Carlos e Brotas.

“Esta será apenas uma primeira etapa, de outras que ainda virão. Vamos começar investindo em saneamento básico que é fundamental para qualquer projeto de turismo sustentável”, disse o ministro, para um público formado por moradores da região e crianças das escolas das cidades envolvidas no projeto.

Segundo o coordenador do projeto, Newton Lima, o turismo sustentável é a base do projeto. “Recuperar o Broa começa pela despoluição da represa. Por isso, vamos tratar o esgoto da região e também trabalhar para conscientizar a população, que é peça-chave neste processo”, explica Lima.

A bacia hidrográfica onde fica a represa é originada pela captação artificial dos ribeirões do Lobo e Itaqueri e pelos córregos do Geraldo e das Perdizes. A represa serve como reservatório da Usina Hidrelétrica do Lobo, e é também um dos atrativos naturais da região. Cercada pelo cerrado,  foi construída em 1936 para a geração de energia elétrica. Por fim de semana, três mil pessoas visitam o lugar, e em épocas mais movimentadas, como o carnaval, o volume de visitantes chega a 22 mil pessoas.

registrado em:
Fim do conteúdo da página