Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Quem sabe faz na hora
Início do conteúdo da página

Quem sabe faz na hora

Saber Fazer reúne artesanato brasileiro no 4º Salão do Turismo. Público pode observar os profissionais em ação
  • Publicado: Sexta, 03 de Julho de 2009, 06h07
  • Última atualização em Sexta, 03 de Julho de 2009, 18h00

A palha de buriti vai ganhando forma, a estrutura recebe adornos, bordados dão alegria à peça, cada detalhe é precioso nas mãos do mestre artesão Douglas Lopes. Em algumas horas, o bumba-meu-boi aparece aos olhos dos espectadores do Saber Fazer, no 4° Salão do Turismo – Roteiro do Brasil, em São Paulo.

Lopes, 35 anos, morador de São Luís, conta que aprendeu o ofício com pai. O artesão saiu do anonimato durante a primeira participação no Salão, em 2005. Agora, ele participa pela terceira vez do evento.

“É gratificante sair do anonimato. Com a participação em 2005, as pessoas passaram a conhecer meu trabalho. Tive contato com lojistas de todo o Brasil e até hoje recebo encomendas deles. A cada participação amplio meus contatos”, comenta. O artesão trabalha há 19 anos na produção do bumba-meu-boi, artesanato típico do Pólo São Luís Cultural.

O espaço Saber Fazer reúne 27 mestres artesãos, representantes cada Unidade da Federação, no 4° Salão do Turismo. No espaço, o público tem a oportunidade de observar os mestres em atividade. O objetivo é promover a interatividade, o intercâmbio de experiências e o repasse de conhecimentos tradicionais dos modos de fazer artesanato no Brasil.

registrado em:
Fim do conteúdo da página