Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Brasil e Israel assinam acordo para impulsionar o turismo bilateral
Início do conteúdo da página

Brasil e Israel assinam acordo para impulsionar o turismo bilateral

Ministros e presidentes das duas nações se encontraram em Brasília nesta quarta-feira (11)
  • Publicado: Terça, 10 de Novembro de 2009, 23h57
  • Última atualização em Quarta, 11 de Novembro de 2009, 11h49

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, recebeu hoje (11) o presidente de Israel, Shimon Peres, e outras autoridades israelenses no Palácio do Itamaraty, em Brasília (DF). Durante a reunião, os líderes aproveitaram a oportunidade para assinar tratados de cooperação.

O ministro do Turismo, Luiz Barretto, participou do encontro. Ele e o ministro do Turismo de Israel, Stas Misezhnikov, assinaram um acordo de cooperação com o objetivo de incentivar o intercâmbio de experiências e informações sobre as atrações turísticas dos países. Além disso, será estabelecido um comitê conjunto com a finalidade de promover o turismo e encorajar visitas de operadores, agentes, instituições de ensino e treinamento profissional na área turística.

“É um importante acordo, que trará benefícios para todas as atividades ligadas à atividade turística. Esperamos que tanto brasileiros como israelenses possam conhecer as belezas e atrações que nossos países oferecem”, disse Luiz Barretto.

Em 2008, registrou-se a entrada de cerca de 31 mil brasileiros em Israel, um aumento de 55% em relação ao ano anterior. No mesmo ano, 38 mil israelenses vieram ao Brasil, o que representa um crescimento de quase 5% em relação a 2007.

O presidente Lula afirmou que a visita de Shimon Peres é uma extraordinária oportunidade para que os países renovem os laços de amizade e colaboração. “Os acordos que assinamos aqui hoje ajudarão a enriquecer o diálogo entre os povos. Nós estaremos sempre prontos no que for possível para sermos mais uma voz em busca da paz duradoura do Oriente Médio”, declarou.

registrado em:
Fim do conteúdo da página