Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Acordo impulsiona promoção do turismo de luxo no exterior
Início do conteúdo da página

Acordo impulsiona promoção do turismo de luxo no exterior

Parceria entre Embratur e iniciativa privada visa aumentar a divulgação internacional dos destinos brasileiros que oferecem produtos e serviços de luxo, modalidade responsável por 25% da receita gerada em turismo no mundo
  • Publicado: Quarta, 15 de Julho de 2009, 21h02
  • Última atualização em Quinta, 16 de Julho de 2009, 13h49

Brasília (16/07) - Alto nível em serviços, personalização, exclusividade e autenticidade marcam a definição de um segmento que, apesar de responder por apenas 3% do movimento de turistas, é responsável por 25% de toda receita gerada com o turismo no planeta – segundo a Organização Mundial do Turismo (OMT).

O mercado de viagens de luxo vem ganhando adeptos e para aproveitar esta oportunidade a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) assinou o Termo de Cooperação Técnica com a BLTA (Brazilian Luxury Travel Association). O acordo vai fortalecer o segmento e incrementar a promoção dos destinos brasileiros de luxo no exterior. A assinatura aconteceu durante o Salão do Turismo, em São Paulo, no início de julho, com a participação da presidente da Embratur, Jeanine Pires, e do presidente da BLTA, Nicolas Klenner Peluffo.

A ideia é colocar os destinos e produtos brasileiros de luxo em evidência, com maior participação em feiras internacionais, publicação de materiais, promoção de workshops, convites a jornalistas e operadores estrangeiros especializados, realização de pesquisas e estudos sobre o setor e organização de caravanas com operadores de turismo para conhecer destinos e produtos brasileiros.

“Vemos o crescimento do segmento de luxo no mundo como uma oportunidade para o Brasil. O acordo recém-assinado faz parte da estratégia da Embratur para trabalhar a promoção segmentada para este tipo de turista”, explica a gerente de apoio à Comercialização da Embratur, Karem Basulto. “Hoje, o turista de luxo não busca apenas serviços de primeira qualidade, ele quer viver experiências únicas. E o Brasil, com sua diversidade cultural, natural, patrimonial, étnica e histórica pode proporcionar essa experiência exclusiva e diferenciada para o turista estrangeiro”.

O termo inaugura uma nova forma de cooperação entre a Embratur e o setor privado que atua em segmentos turísticos específicos. O novo formato prevê parcerias sem repasse direto de verbas, com cooperação baseada na troca de informações e na utilização das ferramentas de promoção internacional da Embratur.

Entre os principais destinos de luxo no Brasil estão as praias de Angra dos Reis, Paraty, Florianópolis e Fernando de Noronha, os destinos de natureza na Amazônia, Lençóis, Foz do Iguaçu, Chapada Diamantina, Lençóis Maranhenses, Pantanal e as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.

A Embratur já participa anualmente da International Luxury Travel Market (ILTM) que acontece em dezembro em Cannes, na França. A ILTM reúne anualmente aproximadamente 3,6 mil profissionais especializados, no maior encontro “business to business” do segmento luxo no mundo.

Entre os empreendimentos que fazem parta da BLTA estão o Hotel Emiliano (SP), Hotéis Fasano (RJ e SP), Pousada Maravilha (Fernando de Noronha/PE), Ponta dos Ganchos Resort (Governador Celso Ramos/SC), Txai Resort (Itacaré/BA) e as operadoras Matueté e CBV Incoming.

Um luxo em gastos

Em 2006, segundo o estudo ILTM Industry Report, viagens de luxo geraram 25 milhões de desembarques mundialmente e US$ 180 bilhões em gastos, ou cerca de US$ 7.200 por desembarque. Entre os maiores emissores de turistas de luxo no mundo estão os Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França e Itália.

registrado em:
Fim do conteúdo da página