Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Cidades mostram seus preparativos para a Copa do Mundo de 2014
Início do conteúdo da página

Cidades mostram seus preparativos para a Copa do Mundo de 2014

Ceará, Bahia e Pernambuco apresentam projetos e ações de infraestrutura e qualificação profissional
  • Publicado: Sexta, 13 de Novembro de 2009, 03h45
  • Última atualização em Sexta, 13 de Novembro de 2009, 15h32

União para promover os estados do Nordeste no país e no exterior. Essa foi a tônica do discurso do secretário de Turismo de Pernambuco, Silvio Costa Filho, na apresentação, no Recife (PE), sobre os preparativos dos estados nordestinos para a Copa de 2014. A platéia é composta por empresários brasileiros e estrangeiros que participam do Encontro Internacional de Investimentos Imobiliários e Turísticos do Nordeste Brasileiro.

Ceará, Bahia e Pernambuco mostraram que vários projetos de infraestrutura e qualificação profissional já estão em andamento. O secretário pernambucano disse que, somente em obras de infraestrutura turística, serão R$ 500 milhões em investimentos. Parte desses recursos, ressaltou, virão do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) do Ministério do Turismo (MTur). Da mesma forma, o projeto de qualificação, cuja meta é atingir 40 mil pessoas até 2014, terá apoio federal.

O Ceará também conta com recursos do programa e de verba orçamentária do MTur para implementar seus projetos como sede do mundial. O estado está, por exemplo, investindo em sua capacidade de receber turistas com a construção de dois novos aeroportos: o de Jericoacoara e de Aracati. Além disso, projeta um novo centro de convenções com 170 mil metros quadrados. A orla de Fortaleza, capital do estado, será revitalizada com verba do Prodetur.

A Bahia, segundo o secretário Domingos Leonelli, projeta investimentos de R$ 77 milhões até 2011 em parceria com o MTur. Algumas intervenções já estão em curso e outras concluídas. No pacote estão projetos de sinalização turística,  revitalização da orla de Salvador, recuperação do centro histórico e capacitação profissional.

registrado em:
Fim do conteúdo da página