Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Ministro do Turismo cumpre agenda em Fernando de Noronha
Início do conteúdo da página
RETOMADA

Ministro do Turismo cumpre agenda em Fernando de Noronha

Entre outras ações, Marcelo Álvaro Antônio quer promover a retomada consciente das atividades turísticas no arquipélago 

  • Publicado: Quarta, 28 de Outubro de 2020, 20h56
  • Última atualização em Quarta, 28 de Outubro de 2020, 22h14

Por Lucas Nicolau

281020 - NORONHA Dia 1.jpg

Ministros e autoridades durante agenda em Fernando de Noronha. Crédito: Gustavo Messina/MTur

O Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, iniciou nesta quarta-feira (28.10), uma série de visitas no arquipélago de Fernando de Noronha (PE). Na pauta, reuniões com o trade turístico e lideranças locais, e debates sobre a retomada consciente do turismo e a possibilidade de investimentos em infraestrutura para promover ainda mais a região. Cumprindo todos os protocolos de biossegurança, o turismo em Fernando de Noronha reabriu no dia 10 de outubro.

Entre as agendas desta quarta-feira, o ministro Álvaro Antonio participou, ao lado do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles; e do presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, além de outras autoridades, da assinatura de concessão do Mirante do Boldró, um imóvel que está abandonado há cerca de 20 anos e voltará a ser um importante atrativo turístico em breve. Com vista privilegiada do mar, o Mirante faz parte do complexo do antigo Hotel Esmeralda. A área tem cerca de 500 metros e já funcionou como bar, ainda na década de 90. Além da assinatura, a comitiva do Governo Federal visitou ainda as praias do Sueste e Leão, que fazem parte da área do Parque Nacional Marinho, uma reserva ambiental Federal.

Pela primeira vez em Fernando de Noronha, ministro do Turismo ressaltou a beleza do arquipélago e o turismo que o local oferece. “Estou encantado com o local, não apenas por suas belezas, mas por todo o seu potencial. Sabemos que o setor é o principal gerador de emprego e renda da região, por isso precisamos investir para fortalecer o turismo na ilha”, afirmou. Álvaro Antônio defendeu ainda o retorno do turismo na ilha, sempre seguido pelos protocolos estabelecidos pelas autoridades de saúde. “Chegou a hora da retomada e de mostrar que o turismo não é o vilão desta história. É fundamental que ocorra este processo, adotando os protocolos de biossegurança estabelecidos pela Anvisa”, disse. 

SEGURANÇA - A ilha de Fernando de Noronha contabiliza 95 selos emitido pelo Selo Turismo Responsável do Ministério do Turismo. Lançado em junho, o selo disponibilizado pelo MTur busca auxiliar a retomada de atividades do setor seguindo requisitos de biossegurança. (Acesse aqui) O órgão publicou protocolos sanitários recomendados a 15 segmentos que integram o Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), além de um conjunto de orientações a visitantes.

Edição: Rafael Brais

WhatsApp Image 2020-09-02 at 15.22.56.jpeg

registrado em:
Assunto(s): turismo , retomada
Fim do conteúdo da página