Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Quase 600 salas de cinema foram beneficiadas com recursos ao pequeno exibidor
Início do conteúdo da página
INCENTIVO

Quase 600 salas de cinema foram beneficiadas com recursos ao pequeno exibidor

Ao todo, 8 mil empregos diretos foram preservados e os espaços para exibição poderão continuar com suas atividades

  • Publicado: Terça, 15 de Setembro de 2020, 12h45
  • Última atualização em Quarta, 16 de Setembro de 2020, 15h41

Com informações da Ancine

27.07.2020_cinemateca_Ancine.jpg

Montante permitiu a manutenção de mais de 8 mil empregos diretos no segmento. Crédito: Roberto Castro/MTur

Com recursos na ordem de R$ 8,5 milhões, o Programa Especial de Apoio ao Pequeno Exibidor beneficiou 577 salas de cinema de todo o país. A iniciativa, realizada pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), autarquia vinculada ao Ministério do Turismo, teve o objetivo de preservar empregos, atender às pequenas empresas locais e manter o parque exibidor brasileiro, atingido pela pandemia do novo coronavírus. Com isso, ao menos 8 mil empregos diretos foram preservados e as salas de cinema poderão continuar com suas atividades.

Foram beneficiados 123 complexos na Região Sudeste, 65 na Região Sul, 39 na Região Nordeste, 18 na Região Centro-Oeste, e 15 na Região Norte. Os recursos disponibilizados poderão ser utilizados em folha de pagamento de funcionários, serviços terceirizados, fornecedores de equipamentos e despesas correntes relativas ao funcionamento das salas de cinema, como custos de aluguel de equipamento e imóvel, contas de luz, de água e de telecomunicações, além de serviços gerais.

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o resultado do projeto mostra o esforço do governo federal em ajudar a cultura e entretenimento brasileiro. "Os recursos do Programa serão fundamentais para que o parque exibidor brasileiro se prepare para a retomada e esteja pronto para reabrir com segurança. O sucesso do PEAPE é resultado concreto do nosso trabalho à frente do Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA)", disse o ministro.

O secretário Especial da Cultura, Mário Frias, destacou a importância da iniciativa para o desenvolvimento e manutenção do setor no país no pós-pandemia. "Integrada com a ANCINE e o Ministério do Turismo, a Secretaria Especial de Cultura colocou esse apoio na rua para garantir a manutenção dos empregos e evitar o fechamento das salas de cinema de pequenas empresas, que muitas vezes são as únicas opções de lazer em algumas localidades do País", pontuou.

"Ficamos satisfeitos porque alcançamos o objetivo de descentralizar os recursos disponibilizados por todas as regiões do País e tocamos o Programa com a celeridade que o momento exigia. O foco da ANCINE sempre foi na preservação dos empregos e na sobrevivência das empresas do setor", afirmou o diretor-presidente substituto da ANCINE, Alex Braga.

SOBRE O PEAPE - Desenvolvido na modalidade de apoio financeiro não reembolsável, o PEAPE é destinado a empresas brasileiras que pertençam a grupos de exibidores com até 30 salas de cinema. A Chamada Pública foi direcionada a empresas, registradas na ANCINE, que estiveram em funcionamento, integral ou parcialmente, durante o período de 1º de janeiro de 2019 a 29 de fevereiro de 2020.

Edição: Rafael Brais

WhatsApp Image 2020-09-02 at 15.22.56.jpeg

registrado em:
Assunto(s): Cinema , Audiovisual , Emprego , Renda
Fim do conteúdo da página