Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo amplia prêmios e parceiros
Início do conteúdo da página
INOVAÇÃO

Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo amplia prêmios e parceiros

Iniciativa do Governo Federal inspirou Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, que lança “Desafio SP”

  • Publicado: Quarta, 19 de Agosto de 2020, 13h57
  • Última atualização em Quarta, 19 de Agosto de 2020, 14h01

190820 - wakalaua desafio sp.jpg

O 1º Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo, iniciativa do Ministério do Turismo em parceira com o Wakalua Innovation Hub, ampliou os benefícios oferecidos às startups brasileiras com soluções para a retomada do setor. Foi anunciada nesta quarta-feira (19.08) uma premiação especial, denominada Desafio SP, oferecida por dois novos parceiros: a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo e a Fundação Instituto de Administração (FIA). Com isso, a quantidade de startups premiadas passa de dez para até 16.

A competição nacional inédita é realizada pelo Ministério do Turismo em parceria com o Wakalua, primeiro polo global de inovação em turismo, em colaboração com a Organização Mundial do Turismo (OMT), agência da Organização das Nações Unidas (ONU) dedicada ao setor. As inscrições estão abertas no site da competição até 2 de setembro.

Os 10 melhores projetos brasileiros serão classificados para as semifinais da terceira edição da UNWTO Tourism Startup Competition, desafio global promovido pela OMT em parceria com o Wakalua, e disputam uma viagem a Madri (Espanha) para um programa de treinamento e participação na FITUR 2021, a maior feira de turismo do mundo.

Com a incorporação do Desafio SP, agora há benefícios adicionais. As seis finalistas do prêmio especial recebem visibilidade nacional e internacional, e três ganhadoras nas subcategorias meios de hospedagem, bares e restaurantes e receptivo turístico recebem uma ajuda de custo de R$ 5.000 para implementar seus projetos. Além disso, a melhor startup também viaja a Madri para a FITUR e o programa de treinamento. Todos os projetos participantes na competição nacional são elegíveis a estes prêmios.

O Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo é parte de uma colaboração entre MTur e Wakalua para estimular a inovação em turismo no Brasil, melhorando a competitividade do setor no país por meio da transformação digital de organizações públicas e privadas. O projeto prevê a instalação de um hub dedicado ao setor no país. Desde janeiro foram realizados um mapeamento do ecossistema e uma proposta de estratégia plurianual para a área, que será submetida a consulta ao setor.

A avaliação dos projetos será realizada por líderes do turismo e da inovação no país. A seleção final será anunciada em setembro. Os critérios avaliados serão: natureza inovadora, equipe de empreendedores, potencial de escalabilidade, relevância para o setor, viabilidade, sustentabilidade e contribuição ao setor turismo.
A competição é realizada totalmente online. Os detalhes sobre o evento final serão anunciados no site.

WAKALUA - O Wakalua Innovation Hub é o primeiro centro global dedicado à inovação em turismo. Seus parceiros fundadores são a Globalia, um dos maiores grupos de turismo da Espanha e América Latina, e a OMT. Seu primeiro programa de grande alcance foi o maior desafio global de startups do setor, a UNWTO Tourism Startup Competition (www.tourismstartups.org), atualmente em sua terceira edição.

UNWTO - A competição é uma iniciativa global, realizada por OMT e Wakalua, que visa encontrar e promover o desenvolvimento de startups que buscam liderar a transformação do setor de turismo. Este ano, em sua terceira edição, a competição é focada nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas. Nas duas primeiras edições,alcançou a marca de 5.000 projetos inscritos de mais de 150 países. A startup vencedora da primeira edição foi a Refundit, de Israel, que obteve um financiamento de 9,8 milhões de euros da Amadeus Ventures. A competição é apoiada por instituições públicas e privadas de diversos países, que apostam na inovação como motor de crescimento e competitividade.

OMT - A Organização Mundial de Turismo (OMT) é a agência das Nações Unidas para a promoção do turismo responsável, sustentável e universalmente acessível. Como organização internacional líder no campo do turismo, a OMT promove o turismo como um mecanismo de crescimento econômico, desenvolvimento inclusivo e sustentabilidade ambiental e oferece liderança e apoio ao setor no avanço das políticas de turismo e conhecimento em todo o mundo.

GLOBOALIA - A Globalia é o maior grupo de turismo da Iberoamérica, com um faturamento de mais de 3.850 milhões de euros em 2018. Com presença em mais de 20 países e 15.000 funcionários, a Globalia Holding presta serviços a todos os setores da indústria do turismo. Contém várias empresas independentes líderes em seus mercados, incluindo Air Europa (companhia aérea), Halcon Viagens (agências de viagens), Travelplan (operadora de turismo), Be Live (rede de hotéis) e Groundforce (gestão de aeroportos).

registrado em:
Assunto(s): turismo , wakalua , inovação
Fim do conteúdo da página