Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Casais escolhem destinos inesquecíveis e planejam viagens para o futuro
Início do conteúdo da página
DIA DOS NAMORADOS

Casais escolhem destinos inesquecíveis e planejam viagens para o futuro

No Dia dos Namorados, os apaixonados relembram passeios marcantes pelo Brasil

  • Publicado: Sexta, 12 de Junho de 2020, 15h10
  • Última atualização em Sexta, 12 de Junho de 2020, 15h28

Por Victor Maciel

WhatsApp Image 2020-06-12 at 15.15.53.jpeg

Casais apresentam os seus destinos preferidos. Crédito: Arquivos pessoais

Apesar de ser o mês das famosas festas juninas, junho traz consigo mais uma data que muitos brasileiros adoram comemorar: o Dia dos Namorados. E não há forma melhor do que celebrar esta época do ano viajando com o seu “boy/girl”, “crush” ou “mozão”, mesmo que seja de casa, não é mesmo? Pensando nisso, a Agência de Notícias do Turismo ouviu histórias de três casais que costumam desbravar e até celebrar momentos únicos de suas vidas pelos destinos brasileiros para comemorar este dia.

Como é o caso dos servidores públicos Manuela Mamede e Érico Leonardo que celebraram há três anos o casamento deles em Arraial d’Ajuda, na Bahia. Segundo Manuela, o casal guarda um carinho especial pelo estado do acarajé. “Já fomos juntos para lá umas três vezes. A primeira, fomos de carro para passar férias em Salvador, Barra Grande, Itacaré e Chapada Diamantina. A segunda, fomos fazer uma prova de mountain bike de sete dias e nos casamos no oitavo dia em Arraial d’Ajuda. E, no ano passado, voltamos para lá para comemorar dois anos de casados e aproveitamos para ir a Trancoso e Caraíva”, destacou.

12.06.2020_dia_dos_namorados.jpg

Celebração do casamento de Manuela e Érico em Arraial d'Ajuda (BA). Crédito: Arquivo pessoal

Além da Bahia, o casal lembrou de outros momentos pelo Brasil que guardam com boas lembranças: uma “cicloviagem” realizada pela Estrada Real de Minas Gerais e duas viagens de moto pelas Serras catarinenses e gaúchas.

E por falar no estado do chimarrão, o Rio Grande do Sul é um dos destinos preferidos do personal trainer Caio Alves e da advogada Jaqueline Brandão. Os dois costumam passar o Dia dos Namorados viajando, como aconteceu no ano passado, quando visitaram a apaixonante Gramado. “Gostamos muito de viajar para o Sul do país, principalmente Gramado e Canela. Em 2019, comemoramos lá mais um ano juntos, e consideramos como uma das melhores viagens que já fizemos. Este ano, vamos matar a saudade através de fotos e vídeos”, declarou Caio.

12.06.2020_dia_dos_namorados_3.jpg

Pelas ruas de Gramado (RS), Caio e Jaqueline celebraram mais um ano juntos no ano passado. Crédito: Arquivo pessoal

Já para o casal, Natália Pinheiro e Rodrigo Ponte, o Nordeste é um dos destinos que não podem faltar no roteiro de viagem. No entanto, eles não descartam, também, as belezas cariocas. “A gente tem um carinho pelo Rio de Janeiro, onde planejamos viajar ao menos uma vez ao ano, mas o destino que mais gostamos de ir juntos foi o Nordeste: praias lindas e cenários exuberantes. A gente, com certeza, vai voltar mais vezes”, declarou.

12.06.2020_dia_dos_namorados_2.jpg

Natália e Rodrigo em Pipa (RN). Crédito: Arquivo pessoal

PARA O FUTURO – Com este período em casa, os casais já estão planejando as próximas viagens para aproveitar juntos. Manuela e Érico pretendem explorar mais o Norte do país e um pouco mais do Nordeste. “Queremos conhecer a Amazônia, Pará e Maranhão. Já estávamos esboçando uma viagem por essa região para este ano. Espero que possamos logo retomar nossa paixão, que é viajar”, disse. Já para Caio e Jaqueline, os destinos do Nordeste e Sudeste estão nos planos. “Após a quarentena, queremos muito conhecer Natal e Rio de Janeiro.”

Para Natália e Rodrigo, que aumentaram recentemente a família, dois destinos pernambucanos serão os próximos a serem desbravados por eles. “Estamos com uma expectativa bem grande para que possamos fazer uma viagem em família e o próximo destino será viajar para Recife e Porto de Galinhas. Eu já conheço Recife, mas tive a experiência de só visitar a trabalho e o Rodrigo não conhece”, finalizou.

Edição: Rafael Brais

Fim do conteúdo da página