Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Iphan tem nova presidente
Início do conteúdo da página
IPHAN

Iphan tem nova presidente

A nomeação da servidora de carreira do Ministério do Turismo, Larissa Peixoto, foi publicada na última segunda-feira (11.05)

  • Publicado: Segunda, 11 de Mai de 2020, 13h01
  • Última atualização em Sexta, 15 de Mai de 2020, 14h55

Por Lívia Nascimento

WhatsApp Image 2020-05-11 at 12.48.05.jpg

Larissa Peixoto é a nova presidente do Iphan. Crédito: divulgação/MTur

Larissa Peixoto é a nova presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A nomeação foi publicada na edição desta segunda-feira no Diário Oficial da União (DOU). O Instituto, ligado ao Ministério do Turismo, é responsável por preservar, divulgar e fiscalizar os bens culturais brasileiros.

Servidora do Ministério do Turismo há 11 anos, Larissa Peixoto é graduada em Turismo e Hotelaria com extensão em gestão de projetos pela Escola Nacional de Administração Pública e especialização em conclusão na área de gestão estratégica de marketing, planejamento e inteligência competitiva.

Atualmente, como diretora de Desenvolvimento Produtivo, atua na articulação de projetos e ações relacionados ao turismo, especialmente aqueles que promovam as parcerias, as concessões e a atuação integrada com os setores do meio ambiente, da cultura e da economia criativa na valorização do patrimônio natural e cultural.

Nesse contexto, em parceria com Portugal, tem trabalhado no sentido de implementar o Programa Revive Brasil, metodologia idealizada para impulsionar e agilizar os processos de reabilitação do patrimônio público devoluto, tornando apto o desenvolvimento de atividades econômicas com finalidade turística, fortalecendo, assim, a atratividade de destinos regionais, bem como a geração de emprego e de renda.

“Além das ações inerentes ao Instituto como preservação e divulgação, nosso desafio será o de estabelecer parcerias que auxiliem na consolidação do patrimônio cultural brasileiro como vetor de desenvolvimento para as cidades, contribuindo especialmente nesse momento de retomada da economia. Nesse sentido, a sinergia com o Turismo se apresenta como uma estratégia promissora para impulsionar os dois segmentos”, pontuou Larissa Peixoto.

Durante sua trajetória na Pasta, já atuou também como chefe de gabinete e secretária Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo Substituta, coordenadora de Fiscalização dos Prestadores de Serviços Turísticos e chefe de Divisão de Competitividade e Inovação.

Edição: Rafael Brais

 

registrado em:
Assunto(s): turismo , Iphan
Fim do conteúdo da página