Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Lives com atrações culturais celebram o Dia Internacional da Língua Portuguesa
Início do conteúdo da página
COMEMORAÇÃO

Lives com atrações culturais celebram o Dia Internacional da Língua Portuguesa

Música, literatura, oficinas e conversas com autores estrangeiros marcam a data, celebrada mundialmente desde 2009

  • Publicado: Segunda, 04 de Mai de 2020, 15h33
  • Última atualização em Segunda, 04 de Mai de 2020, 15h40

Por Victor Maciel

Museu-da-Língua-Portuguesa-Foto-Dirceu-Rodrigues-Copia.jpg

Museu em SP tem programação online para Dia Internacional da Língua Portuguesa. Crédito: Dirceu Rodrigues/Gov.SP

Falada por cerca de 280 milhões de pessoas ao redor do mundo, a língua portuguesa comemora nesta terça-feira (05.05) o seu dia internacional. Para celebrar a data, o Museu da Língua Portuguesa no Brasil iniciou no último domingo uma programação online, com “lives” musicais, encontros de literatura, oficinas e conversas com autores dos demais países que falam o idioma. Todas as atrações serão exibidas no canal do museu no YouTube e no Facebook. Esta é a quarta edição de comemoração do dia, e a primeira de maneira virtual, devido à pandemia do novo coronavírus.

Entre as atrações que podem ser conferidas está a conexão musical entre o músico Hélio Ramalho, que é de Cabo Verde, e o historiador brasileiro Rafael Galante. Juntos, além de tocarem músicas do país africano, eles irão bater um papo, aproximando esses dois países de língua portuguesa. Logo após, o grupo de rap Santa Mala, formado por mulheres imigrantes bolivianas que vivem em São Paulo, fará apresentação de suas músicas para os internautas. Ainda nesta segunda-feira (04.05), músicos portugueses se juntarão com o DJ Rodrigo Bento para um “setlist” especial para finalizar o dia.

No dia internacional da língua portuguesa (05.05), a poeta mineira Ana Elisa Ribeiro conversa com o escritor português Marco Neves, a escritora e artista visual de Guiné-Bissau Gisela Casimiro, o professor moçambicano Nataniel Ngomane e a poeta pernambucana Micheliny Verunschk. O encontro terá como tema a palavra como instrumento para dar conta do que estamos vivenciando hoje. E não poderia faltar poesia neste dia. A atriz Roberta Estrela D’Alva convida poetas do Brasil, de Cabo Verde e de Portugal para a atração “Poesia na língua do Slam”. (Confira a programação completa abaixo).

Instituída pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), o Dia Internacional da Língua Portuguesa é celebrado desde 2009. O objetivo da data é promover o sentido de comunidade e de pluralismo dos falantes do português. A comemoração propicia também a discussão de questões idiomáticas e culturais da lusofonia, promovendo a integração entre os povos desses nove países.

 PROGRAMAÇÃO

Segunda-feira (04)

– 15h Contação de histórias, com Fernanda Raquel.

– 15h30 Língua portuguesa, prazer em te conhecer

Com o idioma em comum e sotaques diferentes, jovens de Angola, Brasil, Portugal e Cabo Verde derrubam fronteiras com um animado bate-papo online. Curadoria e produção: FESTLIP.

– 16h30 Conexão musical: Brasil-Portugal, com Rodrigo Bento.

O DJ Rodrigo Bento, criador da festa de música brasileira Pilantragi, comanda um set de músicas em parceria com coletivos artísticos de Portugal.

– 17h30 Show do grupo de rap Santa Mala

Show do grupo Santa Mala, formado por mulheres imigrantes bolivianas que vivem no centro de São Paulo – próximo do Museu da Língua Portuguesa – um território pleno de diversidade onde a língua portuguesa está sempre em construção.

Terça-feira (05)

– 15h Contação de histórias, com Fernanda Raquel

– 16h Conexão musical: Cabo Verde, com Hélio Ramalho e Rafael Galante.

O músico caboverdiano Hélio Ramalho faz uma discotecagem de músicas próprias e de seu país enquanto conversa com o historiador Rafael Galante. O diálogo aproxima estes dois países de língua portuguesa em uma viagem musical.

– 17h Ortografia também é gente: uma conversa entre escritores.

A poeta mineira Ana Elisa Ribeiro conversa com o escritor português Marco Neves, o professor moçambicano Nataniel Ngomane e a poeta pernambucana Micheliny Verunschk sobre a palavra como instrumento para dar conta do que estamos vivenciando hoje.

– 18h Slam da língua portuguesa, com Roberta Estrela D’Alva e convidados.

Participação de poetas do Brasil, Angola, Moçambique e Portugal.

Edição: Rafael Brais

 

registrado em:
Assunto(s): turismo , museu
Fim do conteúdo da página