Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Ministério do Turismo participa do esforço do Governo Federal na repatriação de brasileiros
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Ministério do Turismo participa do esforço do Governo Federal na repatriação de brasileiros

O número de pessoas retidas na América do Sul, Central e Caribe, divulgado no sábado e no domingo, é atualizado a todo o momento e deve aumentar

  • Publicado: Domingo, 22 de Março de 2020, 12h26
  • Última atualização em Domingo, 22 de Março de 2020, 12h43

Por Rafael Brais

22_03_ademirrodrigues_aeroporto.jpg

Governo Federal trabalha para trazer de volta brasileiros retidos no exterior. Crédito: Ademir Rodrigues

O Governo Federal, por meio dos ministérios do Turismo e das Relações Exteriores e também da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e Embratur, continua empenhado em repatriar os turistas brasileiros que estão retidos em outros países. O procedimento de resgate está em andamento e depende de uma série de adaptações legais, acordos com governos de outros países, contato com companhias aéreas e com embaixadas. 

“Estamos trabalhando neste momento com o único objetivo de trazer de volta pra casa nossos irmãos brasileiros. Para isso, o governo federal uniu esforços e está realizando uma grande força-tarefa. Tenho certeza que sairemos dessa crise mais fortes como nação”, avaliou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Abaixo estão os números de brasileiros que serão repatriados nos próximos dias. A contagem, divulgada no sábado e neste domingo (22.03), é atualizada a todo o momento e deve aumentar.

- México, na cidade de Cancún, 1.400 brasileiros serão embarcados até o dia 31.03;
- Guatemala - 42 brasileiros;
- No Peru, são 609 até o momento: Cusco (290), Lima e arredores (178), Arequipa (28), Moquega/Tacna (17), Trujillo (16), Talara/Lobitos (16), Piura (8), Huaraz (6), outras (50);
- República Dominicana: voos decolaram de Punta Cana neste sábado à noite com 100 brasileiros;
- Argentina - 200: Córdoba (32), Buenos Aires (146), outras (22);
- Equador: 133;
- Curaçao: 144.

O secretário de Integração Interinstitucional do Ministério do Turismo, Bob Santos, está em contato direto com o Ministério de Relações Exteriores, Anac e empresas aéreas para acelerar o resgate dos brasileiros que estão em vários países e precisam retornar. “O procedimento requer uma série de adaptações legais e, também, articulação com governos de outros países, com companhias aéreas e embaixadas”, explicou. “Estamos totalmente dedicados para agilizar esse processo de resgate. Não vamos descansar até o último brasileiro estar em casa”, completou.

FORMULÁRIO - A Anac criou um formulário online e individual para receber informações de brasileiros que estão fora do País e desejam retornar. Com todas as informações coletadas, as autoridades brasileiras seguirão com os esforços para viabilizar o retorno de milhares de pessoas que tiveram seus voos cancelados por conta da pandemia de Coronavírus. Acesse o formulário AQUI.

Para quem precisa de assistência consular é preciso acessar o endereço: http://www.portalconsular.itamaraty.gov.br/solicitando-assistencia

REPATRIADOS - Neste sábado (21.03), 210 turistas brasileiros que estavam retidos no Marrocos retornaram ao Brasil. Também no sábado, 1433 brasileiros embarcaram em Lisboa para o Brasil com apoio da embaixada e dos consulados do Brasil em Portugal.

O Governo Federal promoveu uma série de definições para a repatriação dos cidadãos brasileiros no Peru. Diante da decisão do governo peruano de fechar os aeroportos em todo o país a partir deste domingo, a Embaixada esclarece que permanecem autorizados voos “charters” para repatriação de turistas estrangeiros que permanecem no país, mediante tramitação diplomática.

registrado em:
Fim do conteúdo da página