Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > MTur ouve demandas para traçar plano de ação na Rota das Emoções
Início do conteúdo da página
VISITA TÉCNICA

MTur ouve demandas para traçar plano de ação na Rota das Emoções

Equipe técnica do ministério está em Barreirinhas para conversar com gestores e trade e auxiliar no desenvolvimento do turismo na região

  • Publicado: Quinta, 12 de Setembro de 2019, 14h15
  • Última atualização em Sexta, 13 de Setembro de 2019, 17h11

Por Vagner Vargas, enviado especial

12_09_19_Rota das Emocoes.jpg

Técnicos do MTur conversam com gestores locais e colhem informações para traçar plano de desenvolvimento turístico para a região. Crédito: Vagner Vargas

Ouvir demandas, entender a realidade local e desenvolver um plano de ação para o desenvolvimento turístico da Rota das Emoções. Estas foram as missões da equipe técnica do Ministério do Turismo que desembarcou em Barreirinhas (MA) na última quarta-feira (11). Ao todo, serão dois dias e meio de reuniões com gestores estaduais, municipais e representantes do trade para colher informações que possibilitem gerar ações do governo federal a fim de desfazer gargalos e estimular o potencial turístico da rota.

Composta por 15 municípios entre os estados do Maranhão, Piauí e Ceará, a Rota das Emoções foi objeto de estudo do MTur em 2014, o que gerou um plano estratégico de desenvolvimento do turismo regional. Agora, a Pasta retorna para realizar um novo diagnóstico, verificando se as ações foram executadas e ouvindo de quem atua na ponta do turismo local quais são as novas demandas da região.

“O que a gente ouviu hoje foram potencialidades que a região possui e podem de fato contribuir para desenvolver cada vez mais esse destino turístico. A Rota das Emoções tem uma capacidade fenomenal de atração de turistas e os insumos que coletamos certamente vão ajudar no desenvolvimento da rota”, destacou Marcelo Moreira, diretor de Infraestrutura do Ministério do Turismo, após a primeira reunião, realizada no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA).

Na ocasião, os técnicos do MTur ouviram dos gestores locais e do trade quais são as demandas mais urgentes em relação à estruturação da Rota das Emoções. Os relatos trataram de temas como melhorias de infraestrutura, sinalização turística, capacitação, segurança, construção de portos e pontes, reforma de estradas de acesso, acesso a linhas de crédito, conectividade aérea, aumento de capacidade da rede elétrica e melhoria da cobertura telefônica.

“A vinda do ministério é de extrema importância. Estamos nos preparando para fazer o que no passado não foi feito, que é essa integração entre o poder público e o setor privado para que essa união traga o que a gente tanto precisa, um Brasil cada vez mais moderno”, elogiou Albérico Filho, prefeito de Barreirinhas, um dos municípios que integra a Rota das Emoções.

“Estamos sendo vistos e isso é muito importante. A rota já é um roteiro consolidado tanto a nível nacional quanto internacional. Temos um público diferenciado vindo para cá. Todos os anos, o aumento no número de turistas é visível e a previsão é que siga crescendo. Precisamos nos estruturar para continuar recebendo os visitantes. É fundamental que estejamos preparados”, afirmou Carina Camara, secretária de turismo do Piauí.

Representantes do trade e empresários também tiveram espaço na reunião e puderam compartilhar suas experiências e necessidades para melhorar a atuação na rota. “O diálogo e a conversa são a primeira oportunidade para avançar. Só conseguimos derrubar as barreiras unidos. A gente precisa falar a mesma língua, que é a do crescimento, da geração de renda”, comentou o empresário Raimundo Rodrigues, do município de Tutóia (MA).

VISITAS TÉCNICAS

Nos dias 12 e 13 de setembro, a equipe do MTur realizou uma segunda rodada de reuniões com gestores e trade para definir o plano de ação. Além disso, foram realizadas visitas técnicas nos municípios de Barreirinhas e Tutóia. A equipe percorreu locais estratégicos para o desenvolvimento da região e da Rota das Emoções, como as obras do aeroporto de Barreirinhas, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, o vilarejo de Atins e o porto de Tutóia. De volta à Brasília, a equipe vai preparar um relatório que será apresentado à Casa Civil e ao governo para gerar encaminhamentos e ações na região.

Edição: Cecília Melo 

 

 

Fim do conteúdo da página