Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > MTur destaca importância do ecoturismo para economia brasileira
Início do conteúdo da página
SUSTENTABILIDADE

MTur destaca importância do ecoturismo para economia brasileira

Na 16ª edição do Abeta Summit 2019, representante do Ministério debate com órgãos estaduais e municipais desafios do turismo de natureza no Brasil

  • Publicado: Quinta, 15 de Agosto de 2019, 18h40
  • Última atualização em Sexta, 16 de Agosto de 2019, 18h38

Por Cecília Melo 

Secretário Bob no Abeta Summit.jpg

Secretário de Integração Interinstitucional do MTur, Bob Santos, fala sobre desenvolver o turismo ecológico integrado à preservação da biodiversidade, principalmente nas unidades de conservação. Crédito: Arquivo pessoal  

Com um público de mais de 400 gestores, empresários e representantes do turismo no Brasil, a 16ª edição do Congresso Brasileiro de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta Summit 2019), que acontece até domingo (18) em Ilhabela (SP), destaca a importância do turismo aliado à sustentabilidade. O evento contou com a participação do Ministério do Turismo nesta quinta-feira (15).

No painel “A importância do turismo de natureza na economia”, o secretário nacional de Integração Interinstitucional do MTur, Bob Santos, destacou que nos últimos anos a procura de turistas estrangeiros pelo turismo de natureza cresceu 27,3%. “Isso mostra que o turismo de natureza tem se tornado uma das principais portas de entrada das viagens no Brasil, país considerado o número 1 em atrativos naturais no ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial. Precisamos potencializar esse espaço que o Brasil já possui. O ecoturismo é mais do que um tipo de turismo. Ele é renda, é oportunidade de emprego para o cidadão, é preservação, é educação”, afirmou Santos.

O secretário complementou ainda que o Ministério firmou um acordo de cooperação com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o Ministério do Meio Ambiente e a Embratur com o intuito de incentivar o ecoturismo associado à preservação da biodiversidade. O objetivo é aproveitar o potencial das unidades de conservação para atrair visitantes a estes espaços e ao seu entorno. Dados do ICMBio estimam que os visitantes gastaram cerca de R$ 2 bilhões nos munícipios do entorno das unidades de conservação, gerando cerca de 80 mil empregos diretos.

“Precisamos desenvolver o turismo ecológico integrado à diversidade sociocultural e à conservação da biodiversidade, principalmente nas nossas unidades de conservação. Além disso, precisamos potencializar a promoção e comercialização em âmbito nacional e internacional. Cerca de 71% das visitas a unidades de conservação do Brasil foram realizadas em nossos parques nacionais”, reforçou o secretário.

O debate teve ainda a presença do secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinicius Lummertz, Pedro de Castro da Cunha e Menezes, do Ministério das Relações Exteriores, além do professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Cadu Yang. Promovido pela Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, a edição 2019 do Abeta Summit tem o objetivo de produzir conhecimento para melhorar a capacidade de gestão e inovação de micros e pequenos negócios, ampliar a rede de relacionamentos do segmento e promover novas oportunidades de negócios para empresas e destinos turísticos.

O ciclo de palestras, que começa nesta quinta-feira (15), contará com painéis como “Turismo na Economia”, “Turismo Náutico” e “O Papel das Reservas Naturais”, entre outros. Na sexta-feira (16), o dia será focado em experiências e atividades ao ar livre para os participantes, como caminhada e cicloturismo, regata oceânica, caiaque e stand up padle, além de visitas às praias de Castelhanos e Bonete. O sábado (17) será reservado para capacitação. Ao longo do dia, serão feitas 11 oficinas com variados temas. O evento encerra no domingo (18) em uma assembleia com os associados da Abeta.

EDIÇÃO COMEMORATIVA – Celebrando 15 anos de atividades da Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura, o tema do Abeta Summit deste ano é ‘15 anos de Vida Natural’. “É uma escolha alinhada com o slogan da nossa cidade: ‘Vida Natural’, o que nos deixa ainda mais felizes por ajudar a promover o turismo de aventura e natureza a partir do litoral norte paulista para todo o Brasil”, atesta Bianca Colepicolo, secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Ilhabela.

O Congresso é realizado anualmente desde 2003. De acordo com a Abeta, a edição em Ilhabela vai ampliar a diversidade do público presente, incluindo consumidores e interessados nos temas relativos ao turismo de aventura, ao ecoturismo, à sustentabilidade e à natureza de maneira geral.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página