Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Fiscalização em Tiradentes (MG) formaliza meios de hospedagem no Cadastur
Início do conteúdo da página
CADASTUR

Fiscalização em Tiradentes (MG) formaliza meios de hospedagem no Cadastur

De um total de 129 hotéis e pousadas fiscalizados in loco e remotamente no destino mineiro, 70 já se regularizaram no cadastro do MTur

  • Publicado: Sexta, 19 de Julho de 2019, 10h00
  • Última atualização em Terça, 23 de Julho de 2019, 15h34

Por Geraldo Gurgel

19.07.2019 fiscalcadastur tiradentes

A presença de fiscais do Ministério do Turismo ao longo desta semana em Tiradentes (MG), resultou na fiscalização in loco de 59 meios de hospedagem, entre hotéis e pousadas. A fiscalização presencial foi precedida de um trabalho remoto que antecipou a formalização de 70 empresas de hospedagem no Cadastur. Os demais hotéis e pousadas que receberam a visita dos fiscais do MTur foram notificados para providenciarem a regularização do cadastro. A cidade histórica é um dos principais destinos turísticos de Minas Gerais e conta, atualmente, com um total de 92 meios de hospedagem operando formalmente.

Os meios de hospedagem estão entre os serviços turísticos de cadastro obrigatório no Cadastur. Além de assegurar aos hóspedes a contratação de um serviço formalizado no Ministério do Turismo, o cadastro de meios de hospedagem contribui para a categorização dos destinos no Mapa do Turismo Brasileiro. Tiradentes, por exemplo, é um destino da categoria “A” pela forte contribuição da atividade turística à economia local. A cidade histórica recebe grande fluxo turístico, regional, nacional e estrangeiro.

Para o secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo do MTur, Aluizer Malab, não basta que o destino esteja bem estruturado. Ele afirma que é preciso formalizar os serviços prestados aos turistas. “O Cadastur é um dos instrumentos previstos na estratégia de implementação do Programa de Regionalização do Turismo e permite tomar decisões mais acertadas na implementação das políticas do MTur, respeitando as peculiaridades dos municípios brasileiros”, afirmou.

A maioria dos programas e ações do Ministério do Turismo voltados para os municípios e empreendedores, como o financiamento de projetos, exige o número do Cadastur. Além de garantir diversas vantagens e oportunidade de negócios, o Cadastur é também uma importante fonte de consulta para o turista com mais de 90 mil prestadores de serviços. Além dos meios de hospedagem, são serviços turísticos de cadastro obrigatório as agências de turismo, guias de turismo, transportadoras turísticas, acampamentos turísticos, parques temáticos e empresas organizadoras de eventos. O cadastro é gratuito e totalmente online. Para se cadastrar, basta acessar o site https://cadastur.turismo.gov.br, preencher o formulário eletrônico e seguir as instruções para obter o certificado com o número do Cadastur.

Edição: Vanessa Sampaio

Fim do conteúdo da página