Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Ministério do Turismo reforça candidatura do Rio para sede da Fórmula 1
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Ministério do Turismo reforça candidatura do Rio para sede da Fórmula 1

Em reunião com o presidente da principal categoria do automobilismo mundial, Chase Carey, o ministro apoiou a capital carioca na candidatura para receber a F1

  • Publicado: Segunda, 24 de Junho de 2019, 20h21
  • Última atualização em Terça, 25 de Junho de 2019, 19h38

Por Darse Júnior 

24_06_19_reunião_Fórmula 1.jpg

Durante a reunião, foi unânime a certeza de que a capital carioca reúne todos os requisitos para realizar uma etapa da competição a partir de 2021. Foto: Roberto Castro/MTur 

Acompanhado do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, o CEO da Fórmula 1, Chase Carey, foi recebido, nesta segunda-feira (24), pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Na pauta, o futuro no Brasil da principal categoria do automobilismo mundial. Todos os presentes na reunião foram unânimes em afirmar que a capital carioca reúne todas as condições de realizar uma etapa da competição a partir de 2021.

“Estamos falando da principal porta de entrada para o turismo de lazer do Brasil. O turista que vier para a Fórmula 1 vai ter a oportunidade de conhecer uma das cidades mais bonitas do Brasil”, comentou o ministro. A capacidade da cidade de sediar grandes eventos como o carnaval, réveillon, Olimpíada, Jornada Mundial da Juventude e o Rock in Rio também foi enaltecida na reunião.

“Da nossa parte, pode ter certeza de que a organização da prova terá total apoio no que for preciso para garantir a infraestrutura de acesso ao autódromo”, comentou o governador Wilson Witzel. Chase elogiou a integração entre as esferas de governo federal e estadual. “A Fórmula 1 é muito mais que um evento, envolve outras experiências. É tecnologia, desenvolvimento econômico, promoção. Por isso, quanto mais for uma construção conjunta melhor para todos os envolvidos tirarem o maior proveito possível”, comentou o CEO da F1.

Edição: Cecília Melo 

registrado em:
Fim do conteúdo da página