Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Brasil é o país mais procurado, na América Latina, para a realização de reuniões de negócios
Início do conteúdo da página
EVENTOS

Brasil é o país mais procurado, na América Latina, para a realização de reuniões de negócios

Apesar de manter a liderança na região, o país perdeu uma posição no ranking mundial em relação a 2017

  • Publicado: Terça, 14 de Maio de 2019, 16h14
  • Última atualização em Quinta, 16 de Maio de 2019, 14h37
imagem sem descrição.

Por Victor Maciel

O Brasil segue líder no ranking dos países latino-americanos que mais realizaram congressos e eventos de negócios em 2018. A constatação é de um estudo, divulgado nesta segunda-feira (13), pela Associação Internacional de Congressos e Convenções (ICCA). Em todo mundo, o país está entre os 20 destinos mais procurados pelos executivos para a realização desse tipo de evento, ocupando a 17ª posição, uma a menos que a obtida em 2017. São Paulo, Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu foram os principais destinos brasileiros. 

“Esse resultado confirma o potencial que o Brasil tem para ser um dos principais destinos de negócios do mundo. Isso nos anima a fazer mais, já que eventos desse tipo são muito importantes para o turismo do país, reduzindo a sazonalidade do setor, atraindo turistas especializados que tem um gasto médio acima do esperado e geram emprego e renda”, celebrou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Dados do Ministério do Turismo apontam que, do total de turistas internacionais que visitaram o Brasil em 2017, 15,6% foram motivados por negócios, eventos e convenções. Os principais destinos foram: São Paulo (44,4%), Rio de Janeiro (23,6%), Porto Alegre (4,2%), Curitiba (4,1%), além de Brasília e Campinas com 3,3% cada. O gasto médio per capita, por dia, desses viajantes foi de US$ 90,10.

O Ministério do Turismo tem destinado investimentos importantes para o desenvolvimento de projetos de infraestrutura em espaços para a realização de eventos desse porte. Desde sua criação, a Pasta já investiu mais de R$ 770 milhões na construção, reforma e compra de equipamentos para centros de convenções, viabilizando a ampliação do turismo de negócios e eventos em centros urbanos de médio e grande porte.

MAIS DADOS - O relatório apontou, ainda, que em 2018 foram realizadas 12.937 reuniões em todo o mundo, um aumento de 3%, comparando com o ano passado quando o número foi de 12.558. Este foi o maior número de eventos registrado desde que o instituto começou a realizar o levantamento. O Estados Unidos continua sendo o país que mais recebe congressos e convenções de negócios seguido por Alemanha, Espanha e França.

ICCA – A Associação Internacional de Congressos e Convenções representa os principais fornecedores mundiais no manuseio, transporte e acomodação de reuniões e eventos internacionais, e inclui mais de 1.100 empresas e organizações associadas em quase 100 países em todo o mundo.

O documento anual de classificação de países e cidades da ICCA é a comparação global mais respeitada do desempenho dos destinos na atração eventos internacionais. Ele abrange um segmento restrito da indústria de reuniões, incluindo encontros de associações que alternam entre pelo menos três países, tendo, ainda, comprovação de pelo menos 50 participantes e sendo realizados regularmente. A ICCA também identificou uma tendência de 50 anos de crescimento exponencial no número de reuniões de associações, pois a estimativa dobrou a cada 10 anos, representando o fortalecimento desse mercado. 

registrado em:
Fim do conteúdo da página