Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Um viva aos Guias de Turismo!
Início do conteúdo da página
DATA COMEMORATIVA

Um viva aos Guias de Turismo!

 O dia de hoje é dedicado ao profissional que atua como anfitrião dos destinos para receber bem o turista

  • Publicado: Sexta, 10 de Maio de 2019, 11h41
  • Última atualização em Segunda, 13 de Maio de 2019, 15h45

 

Por Geraldo Gurgel

10 05 19 guiapatrick capa acervopessoal
O guia de turismo Patrick Serapião com um grupo de turistas. Crédito: Acervo Pessoal

 

Esta sexta-feira (10) é dedicada ao Dia Nacional do Guia de Turismo com o objetivo de homenagear os personagens do turismo brasileiro que tem a responsabilidade de transformar expectativas e sonhos em realidade. Antes mesmo da regulamentação da profissão, em 1993, os guias de turismo já atuavam como verdadeiros embaixadores dos destinos nacionais, dedicando seu trabalho para transformar férias e viagens em momentos inesquecíveis, descortinando a natureza e a diversidade cultural dos locais visitados.

O guia utiliza o potencial de sua voz, gestos e movimentos, além de todo seu conhecimento específico sobre o local, para interagir com os visitantes. Quando a mensagem é direcionada por um guia de turismo, os cartões postais ganham novos olhares, conseguindo ampliar detalhes que o turista desconhece. Conhecer os diversos atrativos turísticos de localidades, vivenciar a religiosidade, história, manifestações culturais, experimentar os sabores e conhecer os saberes, sem dúvida, se torna especial e enriquecedor para o turista com a condução de um destes profissionais.

“Quando saímos de casa para guiar um grupo, sabemos que o nosso “escritório” será em uma praia, em um sítio histórico, em uma reserva natural, em um museu ou nas ruas de uma cidade histórica”, comenta Patrick Serapião, guia pernambucano que atua no litoral e agreste do estado. “Somos um dos principais elos entre os turistas e a cadeia produtiva dessa importante atividade”, reforça.

“Os guias têm assento nos fóruns e conselhos de turismo e contribuem, ativamente, para a tomada de decisões voltadas para o desenvolvimento do turismo regional e nacional, fortalecendo a imagem e importância do profissional que atua na ponta das atividades turísticas, atendendo os visitantes”, afirmou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Para o presidente da Federação Nacional dos Guias de Turismo (Fenagtur), Henrique Dantas, que atua no Estado de Alagoas, “o guia de turismo é o profissional que pode transformar a viagem numa experiência de momentos únicos, quando seu olhar muda o contexto de todos os cenários possíveis e imagináveis, colaborando para atingir, ou até mesmo superar, a expectativa que o turista tem do local ou atrativo que está visitando”.

Em todas as regiões do Brasil já são mais de 22 mil guias de turismo atuando formalmente no mercado. O cadastro do profissional no Cadastur é obrigatório e garante que ele está habilitado para exercer a profissão. “É mais uma segurança para o turista que está contratando um prestador de serviço formalizado e capacitado para atender bem o visitante e enriquecer a experiência durante o passeio”, comenta Tamara Galvão, coordenadora-geral de Regulação e Fiscalização do MTur.

O Ministério do Turismo passou a emitir um novo modelo de credencial para os guias de turismo, reforçando a segurança das informações sobre o profissional contidas no crachá. A nova credencial está sendo emitida pelo Cadastur para os novos guias cadastrados e renovações dos atuais guias, que são feitas a cada 5 anos. O turista que contratar o serviço poderá ter acesso ao documento do profissional pelo QR Code e checar a veracidade da credencial, que certifica que a atuação do guia é legal.

CBGTUR -  Entre os dias 22 e 25 de maio será realizado o Congresso Brasileiro de Guias de Turismo com o tema “Guias de Turismo Valorizando Etnias Brasileiras”. O evento anual é promovido pela Federação Nacional dos Guias de Turismo do Brasil (FENAGTUR). A 39ª edição do CBGTUR acontecerá no antigo Convento do Carmo, no Centro Histórico de Salvador. O local do evento é um prédio tombado pela UNESCO como Patrimônio Histórico da Humanidade, transformado no primeiro hotel histórico de luxo do Brasil.

 

registrado em: 
registrado em:
Fim do conteúdo da página