Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Brasil busca investimentos no maior evento imobiliário do mundo
Início do conteúdo da página
Institucional

Brasil busca investimentos no maior evento imobiliário do mundo

Grandes bandeiras hoteleiras, fundos de investimentos e empreendedores de negócios que mesclam hotelaria e residencial participam da 30ª edição do MIPIM, na França

  • Publicado: Terça, 12 de Março de 2019, 15h00
  • Última atualização em Quarta, 13 de Março de 2019, 10h12

 Por Darse Júnior, enviado especial

12 03 19 grupotui
O secretário Robson Napier com o representante do Grupo Tui, Dieter Kornek. Fotos: Darse Júnior

No primeiro dia do maior evento do setor imobiliário do mundo, o MIPIM, realizado em Cannes, na França, a delegação Ministério do Turismo cumpriu uma extensa e importante agenda de trabalho. Foram realizadas reuniões com representantes de um dos maiores grupos turísticos da Alemanha, o Tui Group, com o diretor de investimentos turísticos da República Dominicana, Manuel Pacheco, e com o secretário de Turismo no governo de Montenegro, Damir Damidovic. Na pauta, a atração de hotéis da bandeira alemã Tui, com cerca de 380 hotéis espalhados pelo mundo, a apresentação do novo momento do país na gestão do presidente Jair Bolsonaro e o intercâmbio de experiências e investimentos entre o país caribenho e o Brasil. respectivamente.

"O Brasil tem tudo para se consolidar como a próxima fronteira de investimentos turísticos no mundo. A participação em eventos como o MIPIM ajuda a apresentar o nosso país para um seleto grupo de pessoas que movimentam a economia global", comentou o secretário Nacional de Estruturação do Turismo, Robson Napier. Coube a ele a liderança da delegação brasileira nas reuniões com o diretor de Projetos do Tui Group, Dieter Kornek, e diretor de investimentos turísticos da República Dominicana, Manuel Pacheco.

"É possível expandir a nossa operação para o Brasil. Ainda não temos nenhum hotel do grupo no país", comentou Dieter Kornek. Robson firmou o compromisso de buscar uma área de propriedade da União que possa passar por uma concessão pública para abrigar um investimento no perfil do grupo.

12 03 19 republicadominicana
Reunião com Manuel Pacheco da República Dominicana

Na pauta da reunião com o diretor de investimentos turísticos da República Dominicana, Manuel Pacheco, as políticas de atração de investimentos e o intercâmbio de experiências para fortalecer o turismo nos dois países. A República Dominicana recebe atualmente 7,5 milhões de turistas internacionais e isenta por 15 anos os investidores de impostos. "Podemos trabalhar juntos em um termo de parceria que permita a troca de experiências entre os nossos países", comentou. Pacheco se comprometeu a preparar uma minuta de proposta a ser analisada pela equipe técnica do Ministério do Turismo sobre o tema.

Com o secretário de Turismo no governo de Montenegro, Damir Damidovic, Robson enfatizou o esforço do governo em desburocratizar e melhorar o ambiente de negócios no Brasil. "É um novo momento único para o investidor. Um momento em que o governo adota a pauta a liberal e quer atrair novos negócios", comentou Robson.

PROJETOS TURÍSTICOS - Nesta quarta-feira, segundo dia do MIPIM, a delegação brasileira apresentará dois projetos em execução no país que somam R$ 8 bilhões em investimentos: o Eco Estrela, a 100 quilômetros do aeroporto de Natal, e a Cidade Matarazzo, no coração de São Paulo. Os dois misturam hotelaria e imóveis residenciais.

Edição: Lívia Nascimento

registrado em:
Assunto(s): agenda , investimentos , MIPIM , cannes
Fim do conteúdo da página