Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Manaus recebe Prodetur Itinerante
Início do conteúdo da página
Institucional

Manaus recebe Prodetur Itinerante

O estado do Amazonas foi o primeiro da região norte a receber a comitiva de técnicos para tirar dúvidas e ajudar os interessados em captar recursos da linha de crédito

  • Publicado: Quinta, 05 de Julho de 2018, 17h13
  • Última atualização em Quinta, 05 de Julho de 2018, 17h21

 Por Vanessa Sampaio

 
Diretor Rogério Cóser (MTur). Crédito: Vanessa Sampaio (Ascom/MTur)

Manaus recebeu nesta quinta-feira (5) a missão técnica do Prodetur+Turismo Itinerante, liderada pelo Ministério do Turismo. O objetivo é oferecer consultoria especializada de projetos a gestores públicos e empresários interessados em captar recursos para investir no setor. A ideia é ajuda-los a acessar os R$ 5 bilhões destinados a financiar infraestrutura pública e privada de turismo no Brasil, bem como ações de promoção dos destinos, informação ao turista e estudos de planejamento e diagnósticos de mercado.

O Amazonas foi o primeiro estado da região norte a receber a comitiva do Ministério do Turismo, Sebrae e representantes do BNDES. “O nosso objetivo é diminuir a burocracia que ainda trava o setor e impede que o nosso setor ganhe competitividade”, comentou o diretor de Ordenamento Turístico, Rogério Cóser.

“O Prodetur+Turismo é algo fantástico porque atende a uma pauta para qual o Brasil inteiro acordou. Estamos aqui para tomar o turismo uma plataforma de desenvolvimento econômico, porque vimos nesta atividade uma grande indústria”, comentou o presidente da Amazonastur, Orsine Oliveira Junior. “A iniciativa demonstra que o governo federal quer mais turismo. Aqui no Amazonas temos demandas sérias, precisamos de parques, infraestrutura. Faremos a nossa parte”, completou.

O Prodetur Itinerante tem como objetivo criar um canal direto de atendimento entre o contratante (cliente público ou privado) e o contratado (bancos de desenvolvimento), com toda a orientação e apoio técnico do Sebrae, que vai oferecer assessoria especializada da formatação à aprovação dos projetos. Representantes do Ministério do Turismo e do BNDES estarão à disposição para esclarecimentos em relação ao passo a passo do processo, até a assinatura da operação de crédito. Até o momento, foram apresentados ao MTur R$ 1,3 bilhão em 28 projetos que passarão a tramitar no BNDES. A previsão do presidente da Amazonastur é que o estado encaminhe pleitos que somam R$ 300 milhões.

CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO - São elegíveis empresas de turismo de qualquer porte, microempreendedores individuais, fundações, associações, cooperativas, entidades, clubes, órgãos públicos e prefeituras dos 3.285 municípios que fazem parte do Mapa do Turismo, pré-requisito para dar entrada no Prodetur. Os projetos incluem pequenas e grandes obras de infraestrutura pública; construção, reforma ou ampliação de empreendimentos; estudos e projetos de planejamento; promoção e apoio à comercialização dos destinos; compra de equipamentos, máquinas, móveis e utensílios; treinamentos e também capital de giro associado ao projeto-base.

Prazos e taxas serão definidos pela instituição financeira em função do porte e características do projeto, e também da capacidade de pagamento do empreendimento, cliente público ou grupo econômico contratante. O prazo de carência não poderá ultrapassar três anos, e o prazo limite para pagamento é de 20 anos.

PRODETUR + TURISMO - O Ministério do Turismo instituiu o Programa Nacional de Desenvolvimento e Estruturação do Turismo (PRODETUR+Turismo) por meio da portaria nº 74, de abril de 2018. O objetivo é disponibilizar recursos para a estruturação dos destinos turísticos brasileiros, oferecendo oportunidade de fomento ao desenvolvimento local e regional por meio de parcerias com estados, municípios e entes privados.

Propostas alinhadas às diretrizes da política nacional de turismo receberão o Selo Oficial +Turismo. O carimbo identifica que os planos ou projetos foram previamente analisados pelo MTur e receberão prioridade de tramitação junto ao banco contratado na operação de crédito.

Os pleitos de financiamento devem ser encaminhados diretamente ao Ministério do Turismo, em versão digital, para o e-mail institucional cgpla@turismo.gov.br (Coordenação-Geral de Planejamento Territorial do Turismo). O telefone para contato é o 61 2023-7291 ou 7888.

registrado em:

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página