Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Parque Nacional da Tijuca foi o mais visitado em 2017
Início do conteúdo da página
destinos

Parque Nacional da Tijuca foi o mais visitado em 2017

Levantamento do ICMbio mostra que o número de visitantes nas unidades de conservação cresceu 20% no último ano

  • Publicado: Terça, 17 de Abril de 2018, 12h11
  • Última atualização em Quarta, 18 de Abril de 2018, 19h00

Por Geraldo Gurgel

17 04 18 LuciolaVilella Pedra da Gavea RJ MTur
Vista da Pedra da Gávea, no Rio de Janeiro. Crédito: Luíola Vilella/ MTur

Em um ano que registrou um crescimento de 20% no número de visitantes nas unidades de conservação nacionais, o Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro, onde está o Cristo Redentor, garantiu a liderança no ranking com a marca de 3,3 milhões de visitantes. Os dados são do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), responsável pela gestão de parques, florestas, áreas de proteção ambiental e reservas extrativistas, entre outras.

O segundo lugar ficou com o Parque Nacional do Iguaçu (PR) que recebeu 1,8 milhão de pessoas. O principal atrativo local são as Cataratas do Iguaçu, consideradas patrimônio natural da humanidade da Unesco, na Tríplice Fronteira de Foz do Iguaçu (Brasil, Argentina e Paraguai).

17 04 18 ZigKoch Pque Iguacu PR Mtur
Cataratas do Iguaçu. Crédito: Zig Koch/ MTur

Para completar o pódio, o Parque Nacional de Jericoacoara (CE), que desde o ano passado ganhou um aeroporto para voos diretos, foi o terceiro em número de visitantes: 800 mil. O Brasil é considerado o país número um em atrativos naturais segundo o Fórum Econômico Mundial e os parques nacionais abrigam toda a beleza e diversidade que compõem as paisagens que encantam turistas brasileiros e estrangeiros.

Outros destinos que aliam belezas naturais e atrações turísticas também entraram na lista dos mais visitados como a Reserva Extrativista Arraial do Cabo, na Região dos Lagos (RJ), que aparece na quarta colocação; e o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (PE) que surge em quinto lugar. O arquipélago é outro destino brasileiro reconhecido pela Unesco como patrimônio natural da humanidade e ocupa o topo da lista das mais belas praias do mundo. Todas essas unidades de conservação oferecem uma excelente infraestrutura turística e de lazer para os visitantes.

O incremento na visitação reflete, também, em um maior interesse das pessoas pelas opções de lazer em meio a natureza. Na lista das 10 unidades mais visitadas, pela primeira vez e já na sétima posição, aparece o Monumento Natural do Rio São Francisco, entre os estados de Sergipe, Alagoas e Bahia. O MoNa faz parte da Caatinga e destaca-se pelos paredões rochosos no lago da Hidrelétrica de Xingó. As cidades nas margens do “Velho Chico” oferecem infraestrutura turística diversificada e atrativos culturais, como a Rota do Cangaço e de lazer e aventura. Os Cânions do São Francisco ficaram atrás do Parque Nacional da Serra da Bocaina, localizado na divisa do Rio de Janeiro e São Paulo, o sexto atrativo natural mais visitado.

As três últimas colocações, entre as 10 unidades de conservação brasileiras mais visitadas ficaram com a Área de Proteção Ambiental da Costa dos Corais, famosa pelas piscinas naturais de Maragogi, entre outros atrativos do litoral norte de Alagoas; o Parque Nacional de Brasília (Água Mineral), localizado no entorno da Capital Federal, conhecido pelas piscinas de água corrente e trilhas em meio ao Cerrado preservado; e a Floresta Nacional de Carajás, no Pará. Todas essas unidades oferecem contemplação da natureza exuberante, além de uma infinidade de atrativos como: trilhas, ciclismo, banhos de rios e cachoeiras, sítios arqueológicos milenares, a magia e o esplendor do silencioso mundo subterrâneo das cavernas, entre outros.

registrado em:
Fim do conteúdo da página