Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Destinos turísticos para viajar e surfar pelo Brasil
Início do conteúdo da página
destinos

Destinos turísticos para viajar e surfar pelo Brasil

No dia dedicado ao surfe, siga o roteiro das praias onde estão as melhores ondas para surfar e aproveite para conhecer cenários paradisíacos da costa do país

  • Publicado: Sexta, 09 de Fevereiro de 2018, 09h53
  • Última atualização em Quinta, 08 de Fevereiro de 2018, 17h47

Por Geraldo Gurgel

08 02 18 Surfe Foto PedroKirilos2
Crédito: Pedro Kirilos

Não é por acaso que o Brasil vive um momento de destaque no cenário mundial do surfe. Com cerca de 8 mil km de praias, os atletas despontaram para o esporte em diferentes pontos da costa brasileira. A onda que faz bem ao surfe, também é boa para o turismo de sol e mar. Os campeonatos que marcam os destinos de surfe no Brasil, não atraem só visitantes amantes do esporte, como também turistas que nunca se aventuraram em cima de uma prancha.

Fernando de Noronha é o maior exemplo de paraíso dos surfistas brasileiros e ocupa o topo das listas das mais belas praias do mundo. O destino, Patrimônio Natural Mundial da Unesco, é visitado por viajantes do Brasil e do mundo. A posição geográfica não só garante grandes ondas, principalmente nas praias do Cachorro, Conceição e Cacimba do Padre, como faz do destino de natureza e aventura um dos melhores pontos de mergulho do mundo e apresenta uma vida marinha exuberante. São cardumes de peixes, golfinhos, tubarões e tartarugas. Um cenário inesquecível com paisagens deslumbrantes, além de colônias e revoadas de pássaros marinhos que povoam a terra e o céu de Noronha.

A costa nordestina está cheia de destinos turísticos que casam perfeitamente com o esporte. Pipa e Baia Formosa, ao sul de Natal, são parceiras tanto em belezas e atrativos naturais como também na atração de turistas e surfistas para o Rio Grande do Norte. O mesmo ocorre com a paradisíaca Maracaípe, vizinha Porto de Galinhas, em Pernambuco, famosa pelas piscinas naturais na maré baixa. Três destinos turísticos da Bahia também se consagraram pela prática do surfe. Ilhéus, Itacaré e Praia do Forte estão na lista da “surf trip” dos sonhos de muitos esportistas.

Mesmo quem não é adepto do surfe admite que nossos mares são perfeitos e oferecem ondas perfeitas e, de quebra, paisagens fantásticas para todas as tribos do turismo brasileiro. O esporte já imortalizou alguns entre os mais badalados destinos capixabas, fluminenses e paulistas. No Espirito Santo, destacam-se Linhares e Guarapari. No Rio de Janeiro, Saquarema é a favorita dos surfistas na região turística dos Lagos. Entre os surfistas cariocas, o Arpoador e a Prainha, no Recreio dos Bandeirantes, são as mais concorridas. Já em São Paulo, Maresias (terra do primeiro campeão mundial brasileiro de surfe, Gabriel Medina) e Ubatuba são os destinos mais badalados entre os surfistas, além do Guarujá e Santos, esta última é considerada o berço do esporte no Brasil.

Santa Catarina é outro destino turístico importante. A capital, Florianópolis, concentra algumas das praias mais badaladas para a prática do esporte: Joaquina, Praia Mole e Campeche. A cidade é um destino completo, tanto pelos atrativos naturais, históricos e culturais, além de ser um polo gastronômico e de lazer para quem visita a ilha. Fora da capital, Garopaba sedia etapas de vários campeonatos nacionais e internacionais e figura entre as praias mais disputados do litoral catarinense, assim como as praias do Rosa e Guarda do Embaú, com muitas ondas durante o dia e agitação noturna. No Rio Grande do Sul, Torres com sua praia dos Molhes, recebe turistas, surfistas e visitantes ilustres como os lobos e leões-marinhos.

registrado em:
Fim do conteúdo da página