Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Igrejas brasileiras integram sete maravilhas
Início do conteúdo da página

Igrejas brasileiras integram sete maravilhas

De acordo com os critérios do concurso, cada nação não poderia ter mais que duas maravilhas escolhidas
  • Publicado: Sexta, 12 de Junho de 2009, 16h21
  • Última atualização em Sexta, 12 de Junho de 2009, 16h14

Brasília (12/06) – As igrejas de São Francisco de Assis e Ordem Terceira de Salvador, na Bahia, e a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência, em Ouro Preto (MG), estão entre as sete maravilhas de origem portuguesa no mundo. Construções históricas de 16 países concorriam ao título, que foi anunciado na noite desta quinta-feira (11), em Portugal.

A votação teve início em dezembro do ano passado e terminou no último dia 07. Segundo a organização do concurso, a escolha dos monumentos levou em consideração o valor histórico e patrimonial da construção.

“Com certeza a eleição de dois monumentos brasileiros entre as sete maravilhas portuguesas no mundo é mais um diferencial que o nosso país, dono de uma enorme riqueza natural e cultural, oferece ao turista português”, avalia a presidente da Embratur, Jeanine Pires.

Cerca de 30% dos turistas portugueses que fazem viagens de longa distância vêm ao Brasil, não raro pela segunda ou terceira vez. “Por isso é fundamental oferecer novas opções para que eles voltem sempre ao país”, observa Jeanine.

O Ministério do Turismo, por meio da Embratur, investe na promoção internacional do Brasil como destino cultural. Para isso, mantém um site específico sobre o segmento, disponível em português, inglês, espanhol, italiano e francês: www.braziltour.com/heritage.

Considerado um país prioritário para a promoção do Brasil no exterior, Portugal é o terceiro maior emissor de turistas para o Brasil. Atualmente, 60 voos semanais fazem a ligação entre os dois países.

registrado em:
Fim do conteúdo da página