Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Lagos de São Francisco serão objeto de estudo do MTur
Início do conteúdo da página

Lagos de São Francisco serão objeto de estudo do MTur

Análise de competitividade turística fornecerá diagnóstico das localidades que necessitam de investimentos
  • Publicado: Sexta, 09 de Outubro de 2009, 11h58
  • Última atualização em Sexta, 09 de Outubro de 2009, 12h54
Cânion São Francisco (AL)

Autor:Divulgação/MTur

Cânion São Francisco (AL)

Cânion São Francisco (AL)

Autor:Bento Viana

Cânion São Francisco (AL)

Com forte vocação para o turismo náutico, cultural, religioso, histórico, de aventura e para o ecoturismo, a região dos Lagos de São Francisco será objeto de estudo de competitividade turística aos moldes do realizado nos 65 destinos indutores do desenvolvimento turístico regional. O objetivo do estudo é fornecer diagnóstico preciso das localidades, por exemplo, infra-estrutura e hospitalidade, que necessitam de investimentos públicos e privados, ante a perspectiva de aumento da demanda turística da região. Originária da construção das hidrelétricas de Paulo Afonso, Itaparica e Xingó, a região dos Lagos do São Francisco abrange uma área com forte vocação turística. Cidades de Alagoas, Bahia, Pernambuco e Sergipe serão atingidas.

Para o diretor do Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo, Hermano Carvalho, há uma perspectiva real de aumento de demanda turística na região devido, principalmente, à implementação de programas de incentivo à interiorização do turismo no Nordeste e à realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. “A captação de investimentos para a região é fundamental para que o turismo se desenvolva como fator de geração de emprego e renda para a população local”, destacou. A instituição que realizará o estudo, bem como a metodologia, está sendo discutida pelos técnicos do Ministério do Turismo (MTur).

I Encontro de Turismo Regional dos Lagos do São Francisco
A iniciativa de realizar o estudo sobre a região dos Lagos do São Francisco é resultado do I Encontro de Turismo Regional dos Lagos do São Francisco, realizado no período de 1º a 3 de outubro, em Jatobá (PE). O evento contou com a participação de prefeitos e secretários de turismo de municípios locais, além de representantes de entidades ligadas ao desenvolvimento regional, como o Instituto Xingó, a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf), o Banco do Nordeste e a Agência de Apoio ao Empreendedor e Pequeno Empresário (Sebrae).

O objetivo foi discutir o potencial, a ampliação da oferta turística e as políticas para atração de novos investimentos públicos e privados para a região, bem como a adequação e ampliação da oferta de meios de hospedagem e equipamentos turísticos.

Durante o evento, os participantes debateram a reativação comercial do aeroporto de Paulo Afonso, na Bahia, como questão estratégica para o desenvolvimento do turismo na região. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as belezas naturais do cânion do São Francisco e o roteiro compreendido pelo lago e cânion da represa de Xingó.

Já em visita a Piranhas (AL) – palco de expressivo patrimônio histórico da região – visitaram o Museu do Sertão e o Centro de Artesanato.  Durante a visita foi apresentado também o roteiro Caminhos da História, que trilha os passos de D. Pedro II quando de sua visita à região em 1859.

registrado em:
Fim do conteúdo da página