Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Ano novo tibetano movimenta o turismo religioso
Início do conteúdo da página

Ano novo tibetano movimenta o turismo religioso

Os budistas integram um grupo cada vez mais numeroso de viajantes que se desloca para acompanhar eventos religiosos pelo país
  • Publicado: Quinta, 05 de Fevereiro de 2015, 15h32
  • Última atualização em Quinta, 05 de Fevereiro de 2015, 15h31

Pedro Fideles

O ano novo tibetano, comemorado no dia 19 de fevereiro, será celebrado antecipadamente no templo budista Khadro Ling localizado em Três Coroas (RS). Devido às agendas dos professores, no próximo domingo, dia 8, o templo realizará a comemoração e deve reunir um grande número de turistas e fiéis. O Khadro Ling, primeiro templo budista tibetano construído no Brasil (1998), prepara uma grande festa que inclui, além da cerimônia, danças sagradas originais, com máscaras e fantasias tracionais do Tibete.

Ao lado de católicos, protestantes, adventistas, espíritas e de tantas outras manifestações religiosas, os budistas impulsionam o turismo religioso no Brasil. Mais de 243 mil cidadãos se declaram budistas no Brasil, de acordo com o IBGE. Embora minoritários, são parte dos viajantes que se deslocam para acompanhar eventos religiosos pelo país. No ano passado, 17,7 milhões de brasileiros viajaram pelo território nacional movidos pela fé, de acordo com o Ministério do Turismo. “É um mercado grande e com potencial de crescimento”, disse o secretário Nacional de Políticas de Turismo, Vinícius Lummertz.

A entrada do evento será gratuita e os portões serão abertos às 9h. O budismo corresponde aos ensinamentos de Sidarta Gautama, o Buda, e trata da busca da sabedoria. O budismo se estabeleceu no Tibete no século VII, quando o monge Shantarakshita e o Mestre Guru Padmasambhava construíram o Monastério de Samye.

O destino religioso mais visitado do Brasil é a cidade de Aparecida, em São Paulo, sede do Santuário Nacional de Nossa Senhora. O Santuário recebeu no ano passado cerca de 12,2 milhões de visitantes e possui uma basílica com capacidade para 35 mil pessoas, uma torre com um mirante e um centro de apoio com lojas e restaurantes.

Ouça aqui comentário do secretário Vinicius Lummertz sobre o fortalecimento do turismo religioso no país.
 

Matérias relacionadas:

Grandes templos impulsionam turismo religioso

Turismo religioso continua em alta no Brasil

shot 

registrado em:
Fim do conteúdo da página