Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Segurança no Turismo foi tema de debate no Rio de Janeiro
Início do conteúdo da página

Segurança no Turismo foi tema de debate no Rio de Janeiro

Destinos seguros atraem os turistas e geram boas experiências aos visitantes, segundo o ministro do Turismo, Vinicius Lages, em conferência. Durante a realização da Copa do Mundo, cerca de 92% dos estrangeiros se mostraram satisfeitos com os serviços apresentados, revela estudo
  • Publicado: Segunda, 17 de Novembro de 2014, 12h00
  • Última atualização em Segunda, 17 de Novembro de 2014, 12h00
1ª Conferência de Segurança Turística

Autor:Ascom/MTur

1ª Conferência de Segurança Turística

O ministro do Turismo, Vinicius Lages, participou na manhã desta segunda-feira (17) da solenidade de abertura da 1ª Conferência de Segurança Turística, evento realizado pela Secretaria Estadual de Turismo do Rio de Janeiro. Segundo Lages, segurança e turismo têm uma relação muito próxima, já que uma cidade segura além de atrair mais turistas, também garante relatos de boas experiências vividas por aqueles que foram conhecer o destino. 

"Durante a Copa do Mundo realizamos um trabalho integrado com os órgãos de segurança de estados e municípios e tivemos ótimos resultados. Nove entre dez turistas internacionais aprovaram a área da segurança”, afirmou o ministro. 

O secretário estadual de Turismo do Rio de Janeiro, Cláudio Magnavita, também falou sobre este trabalho integrado que, segundo ele, aumentou a percepção internacional de que há avanços no setor. "Essa sinergia existente com o governo federal rende frutos positivos para todos no Rio de Janeiro", disse Magnavita. 

Um levantamento realizado pelo Ministério do Turismo revela que a segurança pública brasileira foi avaliada positivamente por 92% dos estrangeiros que vieram ao Brasil durante a Copa do Mundo e 84,1% dos brasileiros que acompanharam o Mundial avaliaram positivamente o aspecto segurança. O estudo ainda detectou a percepção dos jornalistas que fizeram a cobertura do megaevento: 22,6% dos entrevistados  disseram que viam o Brasil como um país inseguro antes da vinda ao Brasil, mas que a opinião teria mudado  após o Mundial. 

“Um número significativo de jornalistas considerou o país mais seguro e mais organizado do que imaginavam. Na pesquisa realizada após a Copa, o aspecto insegurança nem foi citado pelos entrevistados. Além disso, 62,1% concordaram que os turistas se sentem seguros no Brasil”, afirmou o secretário nacional de Políticas de Turismo, Vinicius Lummertz, que também participou da conferência no Rio.

O evento segue ainda nesta terça-feira (18). Serão abordados temas como capacitação e treinamento de policiais e policiamento especial de pontos turísticos, além da troca de experiências relacionadas às ações preventivas de proteção ao visitante. Entre as autoridades convidadas estão o governador do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando de Souza; o secretário Extraordinário de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça, Andrei Augusto Passos Rodrigues, e o secretário de Estado de Segurança Pública, José Mariano Beltrame.

Clique aqui para ouvir declaração em que o ministro Vinicius Lages destaca a importância do debate e aponta avanços na área de segurança.

Leia o artigo do ministro relacionado ao tema:

Turismo e segurança, uma relação virtuosa


shot

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página